Como aumentar o volume da minha ejaculação?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo jockey

Pergunta:"A tempos tenho esta dúvida.

Tenho observado que o volume de fluidos em minhas ejaculações vem
diminuindo.
Existe alguma coisa que posso fazer para aumentar este volume?
Masturbação constante pode ter algo haver com isso?
Grato pela atenção."

- WC

Caro WC,

imagino que você deve estar assistindo uma boa cota de filmes pornôs húngaros ultimamente, nos quais é normal o cara esporrar o suficiente pra encher um copo de requeijão inteiro. Enfia na sua cabeça que pessoas diferentes são diferentes. Não é ciência atômica. Cada um esporra um tanto e pronto.

Mas há fatores que influenciam no seu volume de "leite ninho".

1. Frequência de Masturbação

Se exagerar, seu volume de ejaculação vai diminuir. Homem com parceira fixa não precisa bater punheta, guarde toda sua energia para ela. Para impressionar sua garota, fique uns 3 ou 4 dias sem sexo e sem espancar o macaco. Quando gozar a próxima vez, vai ser show.

Ficar tempo demais também não adianta, o esperma se torna velho e o volume não aumenta após um certo ponto.

2. Alimentação

Consuma alimentos ricos em proteínas e carboidratos. Evite gorduras em excesso. Quer que eu desenhe?

3. Psicológico

O volume que você ejacula está diretamente ligado a seu nível de excitação. Portanto, curta bastante as preliminares e não parta para cima de sua namorada como uma britadeira. Deixe o tesão crescer, quando estiver quase lá, relaxe. Repita o processo umas 2 ou 3 vezes. Quando finalmente gozar vai sair muito mais porra e você vai ter um orgasmo muito mais intenso.

Dr. Love, espalhando o amor pelo mundo

MSN: dou.tor.love@hotmail.com

Deixe sua pergunta, comentário ou crítica no formulário abaixo. O tempo médio de resposta é de 1 semana devido a fila, ok.

[CONTACT-FORM]


publicado em 05 de Abril de 2007, 12:00
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.

Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há oito anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura