Ela não transa comigo há 60 dias

Pergunta: "Tenho uma namorada há um ano e nove meses e faz mais ou menos dois meses que não transamos.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo jockey

Pergunta: "Tenho uma namorada há um ano e nove meses e faz mais ou menos dois meses que não transamos. Logo no início era aquela vontade, uma "secura" danada, mas
agora é como se ela não tivesse mais tesão em mim.

Outro dia discutimos sobre isso e ela veio me dizer que eu dou muuito valor ao sexo. Perguntei a
ela se ela ainda sentia tesão em mim e ela disse que tinha. Teve um dia que ela veio me dizer que estava com saudade, tentei segurar, mas não consegui porque a carne é fraca.

Tentei segurar para que ela não pense que "é só na hora que ela quer" sei que não pode ser assim, até pq na hora que ela me disser que esta com saudade vou tentar me segurar novamente e vou tipo que "ironizar".

Não sei se isso é certo, mas estou ficando MALUCO!! Não transo com outras meninas pq não acho isso correto, se eu tenho uma namorada pra que irei sair com outras, porém... Ela, estou a ponto de fazer uma besteira e antes que eu faça, estou aqui pedindo uma "ajuda" e alguns
conselhos para que eu possa seguir minha vidinha de namorados que transam.

Até pq eu acho que transar é a coisa mais normal do mundo.

Desculpa escrever tanto assim, me empolguei! Agradeço muito pela resposta.

Até breve.

PS: ela adora sexo hora e masturbação."

- Bernardo

Caro Bernardo,

vamos fazer umas ocntas antes de falar de sexo. Um dia tem 24 horas. Dessas 24, vamos supor que você gaste 8 horas dormindo e mais 8 trabalhando. Restam 8 horas na quais você pode pegar seu carro, um ônibus, metrô ou até uma carroça e levar sua namorada no motel.

cachorro-com-fome
Vai ficar aí até quando com essa cara de esfomiado sem dono?

Ou seja, é bem razoável dizer que cada novo dia significa uma chance de transar ao menos uma vez.

Seguindo esse raciocínio, você pode perceber que sua namorada recusou 60 oportunidades distintas de trepar com o namorado dela - que também supomos ser você.

Quais as explicações possíveis?

- Ela está com outro
- Ela realmente não gosta de sexo (isso existe)
- Ela não gosta de sexo com você
- Ela tem algum tipo de infecção ou problema que causa muita dor durante o sexo, mas nem mesmo sabe que tem esse problema. Leve-a num ginecologista.
- Ela tem um micro-pênis e resolveu fazer uma cirurgia de remoção com período de resguardo pós-operatório

Algumas considerações

"Outro dia discutimos sobre isso e ela veio me dizer que eu dou muuito valor ao sexo. Perguntei a ela se ela ainda sentia tesão em mim e ela disse que tinha."

Então você chegou perto dela como um cachorrinho que não ganha osso há mais tempo do que gostaria e educamente lambeu os pézinhos dela, pra ver se conseguia um agradinho.

"Teve um dia que ela veio me dizer que estava com saudade,"

Era solstício de inverno?

"Tentei segurar para que ela não pense que "é só na hora que ela quer" sei que não pode ser assim, até pq na hora que ela me disser que esta com saudade vou tentar me segurar novamente e vou tipo que "ironizar". "

Em vez de ironizar, devia ir na farmácia e comprar um desinfetante bem forte pro seu pau. Uma mulher que fica 60 dias sem transar com o namorado se posiciona bem alto em minha escala de risco.

"Até pq eu acho que transar é a coisa mais normal do mundo."

Primeira coisa sensata que você disse.

"PS: ela adora sexo hora e masturbação."

Tem uma palavra sobrando aí, meu caro. Sem português fica difícil ajudar.

Bernardo, sinceramente, se não for um problema de ginecologista, se acostume a transar com outras ou dé o pé na sua namorada. Ficar tanto tempo sem sexo é um desrepeito a si mesmo, a seu pênis e a nossa missão evolutiva de espalhar nossos genes pelo mundo.

Dr. Love, consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas


publicado em 07 de Novembro de 2007, 08:51
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.

Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há oito anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura