Problema de crescimento...

Sou pequeno, não tenho pêlos nas partes que deveria ter. Sou pequeno, tenho 1,53m.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo jockey

Pergunta: "Sou pequeno, não tenho pêlos nas partes que deveria ter.
Sou pequeno, tenho 1,53m.
Porque eu não evoluí como meus colegas?
Todos meus colegas de 15 e abaixo têm pêlos e são maiores do que eu.

O que eu faço?"

Olá, leitor.

Seu caso é algo complexo de avaliar. Digo isso porque me faltam INÚMEROS dados que seriam relevantes.

menorzinho
Ser o menorzinho da turma é um saco

Primeiro, a altura de seus pais.

Isso me daria uma noção do seu limiar genético, ou seja, de quanto pode-se esperar a altura final.

Segundo, sua idade.

Pelo que você me diz, deve estar entrando na adolescência. Normalmente, no biótipo típico do brasileiro, a puberdade começa aos 12-13 anos. Nos europeus, costuma ser algo mais tardia. Exemplo disso sou eu mesmo, meu pai nasceu na Espanha, e só entrei na puberdade propriamente dita aos 14 anos, nem a minha mãe ser filha de paraibanos me salvou. Variações são normais.

Pelo que você me relata, não parece ser causa genética. Digo isto porque existem doenças que cursam com baixa estatura como as Síndromes de Turner (mulheres) e de Klinefelter (homens), ou mesmo nanismo propriamente dito, pois tais doenças apresentam anomalias prontamente detectáveis desde o nascimento.

O que me parece é que você é uma pessoa normal, só que ainda não começou o seu desenvolvimento, concluí isso pela sua informação sobre ainda não ter pêlos.

Existe uma graduação do desenvolvimento, chamada Classificação de Tanner, onde avalia-se o nível de crescimento do adolescente pela quantidade e implantação pilosa, além do desenvolvimento da genitália. Tal classificação vai de 0 a 5, e pelo que me diz, acredito ser Tanner 0.

Então vamos ao que você quer efetivamente saber

Ou você ainda não começou o estirão de crescimento, e neste caso, está dentro da normalidade, ou então você tem hipogonadismo. Não quero entrar em detalhes sobre hipogonadismo, pois é assunto extremamente complexo, mas em resumo, há a deficiência da produção de hormônios que estimulariam o desenvolvimento físico do adolescente, podendo ser da testosterona, do GH (Hormônio do crescimento) e outros. O que pode gerar a baixa estatura da qual você tanto se queixa.

Concluindo

Recomendo que você procure um endocrinologista para avaliar melhor o seu caso. Provavelmente fará dosagens hormonais e receberá orientação adequado.

Dr Health, um exemplo de que a justiça tarda mas não falha. A puberdade veio tarde, mas rendeu 1,88m de altura.

Curiosidade: um exemplo famoso de pessoa que teve algo parecido com o relato do leitor, foi o jogador argentino Lionel Messi, do Barcelona. Em 1998, aos 11 anos, ele teve diagnosticada deficiência de hormônio do crescimento.

Messi, ex-tampinha
Seu clube na época, o Newell´s Old Boys, nada fez. O River Plate teve interesse em ajudar, porém, com a economia argentina se colapsando, não teve como arcar com um tratamento que custava 500 libras esterlinas ao mês (cerca de 2000 reais).
Para sua sorte, ele já vinha sendo monitorado pelo Barcelona, que se ofereceu para pagar o tratamento se o jogador se transferisse para as divisões de base do clube. Hoje o Barça colhe os frutos do investimento.messi

publicado em 26 de Dezembro de 2007, 19:15
7375567d0f2c379b7588ce618306ff6c?s=130

Mauricio Garcia

Flamenguista ortodoxo, toca bateria e ama cerveja e mulher (nessa ordem). Nas horas vagas, é médico e o nosso grande Dr. Health.

Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há oito anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura