Segredos que todo apaixonado por suecas loiras deve saber: Viking Line

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo jockey

Nação PdH, é com muito orgulho que aceitei o convite para ser colaborador e membro da equipe Papo de Homem. Sou fotógrafo amador e nos últimos anos tenho viajado bastante para curtir a vida e escrever meu livro sobre os melhores locais para pegar mulher na Europa.

Logicamente, esse diário de viagens está cheio de aventura, mulheres gatas e histórias cabeludas. Vou selecionar as melhores histórias e dicas e publicar com exclusividade aqui.

Falando em viagens, respeito muito quem tem paciência de ler guias de turismo tradicionais e aprender coisas como quem foi o Rei João XIV que inaugurou a Ponte dos Milagres, qual é a melhor pizzaria da cidade ou onde fica a casa onde o Mozart viveu...

...mas essa não é a minha praia, sinto muito.

Para mim, viajar é acima de tudo conhecer gente local, com prioridade para as princesas européias. Pra isso, eu conto com uma certa cara de pau e interesse por idiomas - com esses dois simples elementos, viajar é um tesão!

Minha alegria em integrar a equipe Papo de Homem não é apenas pela massagem no ego (afinal, quem é que não gosta de jogar no time que está ganhando?) – acima de tudo, eu sei que escrevendo com seriedade eu poderei inspirar e orientar milhares de brothers brasileiros a colocar a mochila nas costas e aproveitar a Europa em grande estilo.

Pra começar com o pé direito, vamos direto para o país que mais aparece na lista de perguntas que recebo: SUÉCIA!

Aceita uma loira gelada?
Aceita uma loira gelada?

O mito é mundial. A Suécia lidera disparado no número um entre os países com as loiras mais gatas que a humanidade já conheceu. Eu acho que tem lugares melhores, mas isso é conversa pra outro post...

Um camarada meu que sempre cria teorias malucas acredita que o motivo é que os Vikings pilhavam os tesouros de todo o Velho Continente, e levavam consigo as mulherada filé que encontravam pelo caminho. E assim rolou uma melhoria no "pool genético"...

Vai saber. Seja lá o motivo, é fato que provavelmente a sua loirinha dos sonhos esteja perdida na Suécia. Como parte do meu duro trabalho de fotógrafo, morei na Escandinávia por um tempo para passar em primeira mão as dicas que qualquer brasileiro precisa para se dar bem com as loirinhas suecas.

Aqui vai o primeiro segredo que você tem que saber:

A melhor balada para pegar loiras é no navio Viking!

Existe uma companhia chamada Viking Line, que faz transporte marítimo entre Estocolmo e Helsinki. Os navios têm nomes bastante sugestivos: Cinderella, Isabella, Rosella, Amorella, Gabriella e Mariella!

Além dos pais de família, crianças e passageiros normais, os navios da Viking Line são regularmente invadidos por centenas de estudantes enlouquecidos com o único objetivo de fazer virar o caneco no melhor estilo escandinavo.

Esse navio vai e volta... e ninguém sequer coloca os pés no chão! Imagine passar 24 horas com 500 estudantes bêbados tocando o terror. Um alemão xarope que eu conheci e que caiu de pára-quedas no navio (achando que fosse uma balsa normal) me disse ter ficado "horrorizado" com o que viu - ui!

É tudo uma grande desculpa pra fazer balada. Existem máquinas caça níqueis, um karaokê, uma pista de dança, restaurantes e bares, além de uma loja duty free com todos os tipos de bebida alcoólica que você precisa para deixar a festa bastante animada.

Poderia ser uma balada qualquer, mas essa ta dentro de um navio!
Poderia ser uma balada qualquer, mas essa tá dentro de um navio!

Dica: antes de entrar no navio, compre uma caixa de isopor e encha de gelo. Traga copos descartáveis e compre as bebidas dentro do navio. Isso, junto com um MP3 player com caixas de som fará da sua cabine o camarote VIP da festa.

Como o navio passa perto de ilhas e da costa sueca, a paisagem é bonita no começo da viagem, mas nada se compara às perspectivas de pegar uma (ou duas, ou cinco...) loira maravilhosa e levar para sua cabine. Priceless.

Se você está com algum brother, a melhor coisa é fechar uma cabine para vocês dois e combinar como fazer o rodízio, pois certamente ambos vão se dar bem e trazer convidadas.

Muita atenção! Eu não sou exatamente o tipo de cara que planeja as coisas com antecedência e na minha primeira vez nesse navio eu me dei muito mal! Eu usei um navio de domingo e as únicas loiras eram senhoras da terceira e quarta idade. Lembrava o filme "Convenção das Bruxas" com a Angelica Houston. Lição aprendida.

Para não entrar em roubada, pergunte à companhia qual é o barco correto pra essa putaria marítima. Não se sinta envergonhado - seja direto e deixe claro para a balconista de vendas que você quer o "barco da festa de solteiros" ou "loveboat" – tudo é muito bem organizado para sua diversão. Boa viagem!

No próximo post passarei a vocês a minha dica número um de como se enturmar rapidamente com gente finíssima em qualquer cidade européia. E de bônus também mostro como conhecer gringas... sem sair do Brasil!


publicado em 18 de Fevereiro de 2009, 14:47
7bfbc913211184143e0c3329b12dd6c9?s=130

Victor Lee

É o embaixador europeu da PapodeHomem e está sempre de malas prontas para ir onde tem mulher bonita. É autor do "From Victor With Love - Diário".

Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há oito anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura