V de Vergonha

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo jockey

Uma das frases mais marcantes escritas por Alan Moore em V de Vingança foi:

“Você pode matar um homem, mas não um ideal.”

Na história, um misterioso anarquista tenta destruir o Estado por meio de ações diretas para a exposição pública da corrupção que existia dentro do sistema. Hoje, aparentemente, nós estamos vivendo exatamente esta mesma história.

Eles estão entre nós.

Nos últimos meses, o grupo hacker Anonymous lançou, em conjunto com dissidentes do grupo LulzSec, um movimento mundial chamado AntiSec, que visa obrigar os que estão no topo a descer do salto. Resumindo, o objetivo é expor governos e organizações por meio de dados roubados de sites e e-mails que revelam corrupções e atos ilegais.

Praticamente uma guerra mundial digital está ocorrendo nos bastidores da internet e os paladinos virtuais atualmente definiram o governo brasileiro como um dos principais alvos. Segundo uma estimativa do Serpro, nas últimas semanas, foram hackeados 20 portais do governo federal e estatais. Senado, Presidência e Petrobras estão na lista. Além de 200 sites municipais, o e-mail pessoal da presidente Dilma Rousseff, o site do PT, o perfil do Twitter do presidente da Câmara dos Deputados Marco Maia e sabe Deus mais o quê. A propósito, você já checou o seu e-mail e perfis sociais hoje?

Como "quem deve, teme", atitudes de caráter totalitário foram tomadas para defender a soberania nacional – leia-se, deter o avanço da exposição das informações vergonhosas. Tais atitudes foram a retirada do domínio brasileiro do site da LulzSec e uma investigação da Polícia Federal em conjunto com as polícias internacionais, ordenando a prisão de membros de grupos hackers. Sem contar que isso tudo reacendeu a chama fascista que é o projeto de lei 89/2003, mais conhecido como Lei Azeredo, que tenta regrar a internet e acabar com a liberdade existente.

Vale ressaltar que “todo poder emana do povo". Não, não é uma frase de V de Vingança, mas sim da nossa Constituição.


publicado em 07 de Julho de 2011, 07:47
88ab782079a6630a4fecb52fd0c8d9e9?s=130

Toni Albuquerque

Geek compulsivo, racionalista e cético. É cientista da computação por profissão e analista político por vocação. Twitter: @acalbuquerque

Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há oito anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura