10 coisas que você deveria desejar nesse começo de ano

Para fugir do clichê de saúde e dinheiro no bolso

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x250 1 jpg

Muito dinheiro no bolso e saúde para dar e vender! O brinde-jingle-de-ano-novo é aquele bom e velho clichê no qual mal pensamos, desejamos automaticamente sem entender o que queremos de verdade.

Afinal mesmo com saúde e dinheiro, não ficamos em paz, então eu queria fazer algumas sugestões mais relevantes para sua virada ano:

1. Liberdade interna

Diferente de aumento de espaço físico, viajar para lugares paradisíacos, fazer o que tiver vontade, euforia no meio da estrada ou não receber ordens, a liberdade é um tipo de capacidade de deliberar com o mínimo de condicionamento restritivo.

Uma pessoa que só vive fazendo mochilão pode estar tão asfixiada quanto um funcionário workaholic de multinacional. Alguém que vive praticando o "bem" pode estar tão preso nesse script quanto o bad boy cheio de opinião.

Liberdade parece mais uma habilidade de atravessar aquela tentativa da nossa mente de solidificar a vida num frasquinho de certeza. No ano que começa trabalhe nisso.

2. Desejos mais conscientes

Se você apenas ajoelha e obedece tudo o que passa no campo dos seus desejos então você será refém do consumismo, da sua gula, do egocentrismo, da sua arrogância e até da necessidade compulsiva de ficar pregando a paz na Terra e perdendo oas amigos com sua chatice.

Qualquer tipo de desejo, dos mais nobres aos mais imediatistas, se passarem invisíveis ao seu radar consciente levarão você inevitavelmente de objetos em objetos sem parada só para que você fique satisfeito.

O resultado será só mais insatisfação.

3. Capacidade de gerar felicidade

Estar cercado de mimos é até fácil, mas conseguir captar um sorriso genuíno de alguém parece ter um efeito reverberante muito mais poderoso. Essa cadeia de gentilezas e de olhar atento ao caminho do outro cria um ciclo de cafuné coletivo.

O meio ambiente agradece e quem mora na sua casa também.

4. Resiliência para os dias difíceis

O ano certamente trará chances para você se agarrar naquilo que acha que o fará feliz, mas esconde uma dose grande de sofrimento pelo apego. Eu desejo que você consiga perceber que está idolatrando algo mais do que deveria para resistir ao impulso de ficar aprisionado na sua própria alegria e por isso ficar incapaz de usufruir a vida com leveza.

Ao conseguir resistir ao impulso de se fechar numa ideia, lugar ou pessoa, os dias difíceis tendem a ser mais fáceis.

5. Capacidade de negociar com seus próprios desejos

Se eu desejar muito dinheiro no bolso, posso afirmar que nem toda fortuna existente do mundo conseguirá pagar o que seu desejo.

Espero que você não tenha tudo o que deseja e possa ficar bem com isso.

6. Saber reconhecer os movimentos internos

Quero que você consiga ter um GPS interno para se guiar nas suas rotas pessoais, que consiga não se perder em si mesmo com atitudes impulsivas, reativas e que estejam desconectadas de seus valores internos.

Quero que você saiba mergulhar com mais facilidade para dentro antes de sair desembestado tomando grandes ou pequenas decisões que fecharão seu caminho.

7. Lidar com a incompletude da vida

Desejo que você lide com o fato de que sempre haverá uma dimensão de incompletude na vida. Você só se torna esse poço de inconformação e insatisfação por que ainda tem uma esperança de algum dia isso ser saciado.

Não, não haverá algum momento em que você terá chegado no topo da montanha, não há topo e nem montanha.

8. Parar de sonhar com realidades mágicas

O que é uma realidade mágica? É aquilo que causa angústia só de pensar, por que é muito grande, descolado de qualquer senso de realidade, que carece de qualquer planejamento e está tão fora de sua área de influência que chega a doer.

Espero que você consiga olhar ao redor e consiga reconhecer quanta beleza já existe na sua vida, mesmo essa porção fragmentada, manca, incompleta, estranha e contraditória.

9. Assumir que nada acontece se você não gerenciar o medo

Se você ainda insistir que só uma meta vai salvar sua alma e seu ano, então desejo que aprenda a conviver com o medo constante do fracasso, da perda, do desapontamento, da rejeição e do "quase".

Se quer garantia absoluta e nenhum medo então você não entendeu nada sobre atingir metas. Aquilo que você acha que deseja mais que tudo só tem essa magnitude pois está fora de sua zona de conforto.

Seu próximo passo já está calculado e pré-aprovado? Espere chegar no final do ano que vem.

10. Parar de achar que as listas são autorrealizáveis

Essa lista não tem o poder de se realizar porque você achou ela incrível ou disse no fundo do seu coração "vou realizar". Não.

Ela precisa de pequenas doses de treino diário. São posturas mentais, muito mais do que flexões ou abdominais, mas que para terem resultado seguem a mesma disciplina de academia. Só boa vontade não resolve nada.

As perguntas que você deve se fazer, de acordo com essa lista são: eu realmente vou me limitar a isso? O que eu realmente desejo? Eu posso facilitar a vida de alguém? Estou preso ao meu sofrimento? Estou conectado aos meus valores? O que se passa dentro de mim? O que não aceito nessa vida? Estou mirando para muito longe de mim? Posso lidar com esse medo?

Feliz ano novo!


publicado em 01 de Janeiro de 2015, 18:40
File

Frederico Mattos

Sonhador, psicólogo provocador, autor dos livros "Relacionamento para Leigos" e "Como se libertar do ex". Adora contar e ouvir histórias de vida. Nas demais horas cultiva a felicidade, lava pratos, oferece treinamentos online em A Mente Humana e escreve no blog Sobre a vida.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: