4 Dicas Essenciais para Vídeos Caseiros

Impressione seus amigos ao fazer com que eles realmente queiram assistir o vídeo de suas últimas férias na Bahia. Explore o poder de sua bela câmera digital com essas dicas.

1. Seu filme balança muito

Como nossos olhos se movem rapidamente e cobrem uma grande área em poucos segundos, a tentação é movimentar a câmera da mesma forma. No entanto, isso torna o vídeo desagradável e desorienta o espectador, exatamente como no filme a Bruxa de Blair. O resultado são filmes caseiros que parecem ter sido filmados durante um terremoto.

Solução: movimente sua câmera de forma deliberada e com calma, enquanto a mantém firme e estável. Caminhe devagar, como se tivesse um livro sobre sua cabeça. Ajuste a alça de apoio para sua mão da forma mais justa possível e procure usar sua mão livre para manter a câmera estável.

2. Zoooooom

A maioria das pessoas se sente uma mistura de paparazzi com espião da CIA ao comprar uma câmera com zoom de 40x. Pena que o vídeo não compartilhe dessas aspirações hollywoodanas e o resultado costume ser confuso e enjoativo.

Solução: use o zoom com moderação, somente para enfatizar aspectos realmente importantes, caso contrário, se torna irritante. Procure ajustar o zoom na posição desejada antes de começar a filmar. Não use o zoom e se movimente ao mesmo tempo. E, por último, nunca use o zoom digital, use somente o ótico. O zoom digital deixa a imagem granulada e com péssima qualidade.

3. Quem precisa de luz?

Com uma câmera que custe mais de R$1000, a maioria das pessoas simplesmente parte da premissa que existe um mini Steven Spielberg lá dentro que vai fazer todo o serviço necessário manualmente. Apesar da câmera de fato conseguir filmar em qualquer iluminação, a qualidade pode ser extremamente prejudicada em casos onde há pouca luz ou excesso de luz.

Solução: quando filmar dentro de casa ou em ambientes fechados, lembre-se de sempre acender a luz e posicionar as pessoas/objetos próximos da fonte de luz. Não filme as pessoas contra uma forte fonte de luz, como o sol, isso vai fazer aparecer somente as silhuetas. Também não as coloque diretamente a favor do sol, elas não vão abrir o olho direito. Procure colocar os protagonistas num ângulo de 45º em relação à fonte de luz, para ter um efeito mais suave e agradável.

4. Diferença entre essencial e não-essencial

Pegar seu amigo dançando de cueca no meio da rua é essencial. O trajeto até você alcançá-lo, com a câmera balançando e o som da ventania é dispensável. Um bom vídeo tem cenas interessantes e apresenta uma certa lógica, conta uma história.

Solução: procure o melhor ângulo para a cena antes de ligar a câmera, para evitar captação de cenas desnecessárias. Saiba quando parar, não seja um chato que fica filmando sem parar por 10 minutos. E, principalmente, edite seu filme. Corte as cenas dispensáveis e deixe sua produção concisa e direta.

Seguindo essas dicas, quem sabe aquela gatinha não vai aceitar seu convite para ir na sua casa assistir a alguns filmes caseiros. Enquanto isso, separe alguns minutos e divirta-se com duas das produções nacionais de maior sucesso no YouTube.

"Nossos parabéns ao Freitas"

com participação especial de Alexandre Frota

Street Fighter Brasil


publicado em 14 de Dezembro de 2006, 00:21
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura