Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

14 cervejas para descobrir como agradar o seu paladar

Cada vez mais cervejas artesanais deliciosas se tornam acessíveis. Como escolher aquela que mais te apetece?

Passamos por um momento de mudanças, a cerveja, antiga conhecida tem mudado e muito.

Os bares começam a nos oferecer uma infinidade de torneiras de chopes, as lojas especializadas se espalham por aí, o supermecado já tem prateleiras só para isso e seu amigo está até fazendo cerveja em casa.

Quando entramos nesse novo mundo das cervejas artesanais as vezes é difícil encontrar a cerveja perfeita.

Uns bebem cervejas amargas demais, azedas, doces, alcoólicas e você ainda não encontrou qual o seu tipo. É preciso entender que existe um caminho a ser descoberto e sua cerveja ideal nem sempre vai ser a mesma, pode mudar conforme o tempo passa e você conhece novos estilos e cervejarias.

Montamos um infográfico com sugestões simples para ajudar você nessa escolha - com concepção do Luciano Ribeiro e minha e arte do Felipe Franco.

Aqui mais um texto da nossa lista de infográficos sobre cerveja.

E aí, o que acharam da lista? Mais alguma cerveja que consideram indispensável e gostariam de recomendar?

Mecenas: Consul

Suas cervejas favoritas, escolhidas com cuidado, merecem ser guardadas em um lugar especial e estiloso: a cervejeira da Consul

  • Mantém a cerveja gelada em até cinco níveis de temperatura diferentes que chegam até -4ºC;
  • Capacidade e potência para gelar até 75 latas de 350ml;
  • Prateleiras ajustáveis para você guardar todos os tipos de cerveja: long neck, garrafa de 600ml e até de 1L;
  • Deixa sua cerveja no ponto; 
  • Econômica e frost free.

publicado em 07 de Maio de 2015, 11:32
Bio jpg

Bia Amorim

Formada em Hotelaria e pós-graduada em Gastronomia, com especialização em Sommelier de Cervejas. Está no Twitter (@biasamorim) e Instagram (@biasommelier), além do Farofa Magazine, projeto que nasceu para para atender a crescente demanda de comensais que gostam de harmonizar, aprender, conversar e filosofar.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura