A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

[18+] Bom dia, Carolina Gonçalves

Carolina, a garota de Pirituba, tem 18 anos e, se fotografando, foi descoberta

Posar nua nunca foi algo planejado da minha parte. Há 3 anos, na época do famoso Ask.fm (perguntas e respostas), conheci a fotógrafa Larissa Dare. Desde então, comecei a acompanhar os projetos fotográficos dela em que o nu me chamou muito a atenção. 

O que sempre observei nesse tipo de fotografia é a expressão corporal. Independente da proporção das curvas do corpo ou do tom de pele da modelo ali retratada. Bom, toda essa admiração resultou em selfies minhas para o Instagram mostrando algumas partes do meu corpo. Até que uma amiga visualizou e propôs um ensaio no meu quarto, onde eu usaria apenas lingerie. O resultado disso, além de suspiros, fez com que eu explorasse mais disso. Sem querer, consegui a atenção de outros fotógrafos que me convidaram para experimentar o nu.


Foto: Olivia Villegas




Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas






Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas


Foto: Olivia Villegas




A primeira vez foi em Paranapiacaba. Achei que me sentiria nervosa em ficar na frente das câmeras sem nenhuma roupa e num local abandonado. Mas foi o oposto, minha naturalidade e segurança para me expor trouxe a sede de continuar posando.

Até a aceitação da minha família não foi ruim. Embora algumas pessoas se preocupam com a exposição das fotos em redes sociais, nunca interferiram ou criticaram meus trabalhos.

Hoje, o objetivo é compartilhar tudo o que o corpo pode expressar e espero embelezar os olhos de quem sabe admirar a arte e assim como eu, tenham inspiração para a iniciativa de posar. O nu artístico melhorou minha autoestima e fez com que eu amasse o meu corpo por todos os ângulos retratados.

In The Jungle | Por Eduardo Romeiro


















Boa semana a todos.


publicado em 06 de Abril de 2015, 09:00
File

Carolina Gonçalves

18 anos, analista de suporte, pole dancer, modelo fotográfica e admiradora da arte corporal. Buscando compartilhar o que o corpo pode expressar.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura