[18+] Bom dia, Emily Ratajkowski

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Eu sempre tive uma musa platônica. Uma mulher que, de repente, se tornava um ícone para mim.

Acho que a primeira foi a Jennifer Connely, quando eu vi O Labirinto numa Sessão da Tarde há uns bons anos. O tempo foi passando e eu sempre descobria e trocava minhas musas. Admirava aquelas mulheres, eu ficava feliz ao constatar que minhas inspirações nunca foram unanimidade, até porque eu sempre considerei muito mais a natureza feminina, a realidade daquela mulher do que beleza estética.

A que reinou por mais tempo foi Kate Upton, que perdeu o posto ano passado. Assim que vi pela primeira vez Emily Ratajkowski.

Link Vimeo

Ela estava praticamente nua, dançando de forma livre e solta. Sem se preocupar, sem querer aparecer. No famigerado clipe de Robin Thicke, ela reinou. Meio desengonçada, meio “apenas me divertindo”.

Emily é inglesa, filha de um pintor e uma professora e morou quase a vida toda na europa. Largou a faculdade de arte para modelar e ser perfeita por aí. Ela também é atriz, com 17 anos participou do seriado adolescente iCarly. Foi só um trabalho, mas vimos mais sobre ela nas telonas, já que ela protagonizou - junto com Ben Affleck - a adaptação do bestseller Gone Girl.

O filme é dirigido por David Fincher. Só isso.

Link Vimeo

Essa menina tem uma beleza que você consegue quase tocar. É aquela menina linda que você viu parada no sinal. É aquela da fila do banco, aquela do prédio ao lado. A que te pediu informação saindo do restaurante. Isso te aproxima dela, te faz acreditar que ela é de verdade. E isso é mais do que suficiente para você se derreter.

Chega a ser surreal.

Emily-Ratajkowski-3-580x788
Emily-Ratajkowski-5-580x748
Emily-Ratajkowski-81-580x447
Emily-Ratajkowski-2-580x746
Emily-Ratajkowski-9-580x749
Emily-Ratajkowski-20-580x761
Emily-Ratajkowski-61-580x751

Boa semana a todos.


publicado em 13 de Janeiro de 2014, 08:21
28d2dc073d6cdf08302c0ed5fa15db8a?s=130

Pedro Turambar

Pedro tinha 25 anos e já foi publicitário. Ganha a vida fazendo layouts, sonha em poder continuar escrevendo e, quem sabe, ganhar algum dinheiro com isso. Fundou o blog O Crepúsculo e tem que aguentar as piadinhas até hoje. No Twitter, atende por @pedroturambar.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: