A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

[18+] Bom Dia, Fabio Setti

O Fabio Setti é fotógrafo e foi desafiada por uma amiga a também ser fotografado nu

Nota editorial: estamos em busca de Bom dias com homens e com mais diversidade de corpos e peles — aqui explicamos em mais detalhes o contexto atual da série, suas origens, obstáculos e nossa visão de futuro para ela. Se você é fotógrafo(a) ou tem um ensaio que deseja publicar, fale conosco pelo jader@papodehomem.com.br .

* * *

Sou fotógrafo de nu artístico há três anos, focado principalmente no universo feminino, mas fiz trabalhos também com o nu masculino. Desde muito cedo sou viciado em anatomia humana, cresci desenhando e pintando os copos nus. Na faculdade, conheci a fotografia e migrei minha arte para dentro dela. Criado na roça e desprovido de qualquer tipo de pudor, o nu sempre foi uma saída para me sentir confortável. 

Muitas vezes incomodado com meu corpo dentro das roupas, por ser muito magro, passei por metamorfoses e milhares de tentativas de aceitação. Entrei e sai de academias várias vezes, sempre contrariado com meu corpo e resolvi mudar. Larguei os ferros e imergi na arte. Após conhecer a fotografia e largar todos os tipos de preconceito contra mim mesmo, desenvolvi um projeto sobre aceitação da beleza natural. Foi um reflexo de tudo aquilo que eu passava. Meu drama interno agora se expunha para a sociedade através de registros de outros corpos.

 

 

 

 

Sempre acostumado a ver a beleza interna e achar todos os tipos de anatomia magníficos, resolvi transpor isso nas fotografias. O projeto que foi base para minha conclusão de curso na faculdade se tornou grande e ganhou muita visibilidade na capital. Após 2 anos e meio de trabalho e de divulgação do nu artístico nas redes sociais, uma série de denúncias fizeram com que minha conta do Instagram fosse derrubada. Criei uma nova conta e fiz questão de chamar atenção para o respeito com essa arte tão delicada. Passei a fotografar casais, homens e até a mim mesmo.

Acostumado a fotografar, resolvi aceitar o desafio de uma amiga fotógrafa para posar nu. Não poderia ter sido mais perfeito. Me senti livre de todas as amarras sociais. Subimos no alto de um prédio no centro de Brasília e fizemos um ensaio no por do sol característico da capital. Foi um ensaio intenso e cheio de naturalidade, o ensaio fluiu com muita leveza e delicadeza.

O olhar da Lorena (fotógrafa) sobre meu corpo, fez com que eu me soltasse e pudesse passar por tudo que minhas modelos passam quando estou atrás da câmera. Na frente das lentes pude me conhecer, demonstrar toda minha essência e disseminar meu amor pela fotografia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Boa semana a todos.


publicado em 23 de Maio de 2016, 00:00
1910049 10205948581061966 8320583616030509160 n

Fabio Setti

Fábio Setti, Brasiliense, fotógrafo e artista candango, amante do nu artístico. #maisamorNUcoraçao


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura