[+18] Bom dia, Marcella Grassi

A Marcella foi fotografada por Acácio Domingos

Comecei a posar para fotos de nu artístico porque há uma caracterização de personagens pra cada mulher fotografada e uma forma singela de mostrar partes do corpo de maneira sensual.

A cada ensaio, eu sinto um sentimento diferente e demonstro a mulher como estava naquele dia; algumas vezes mais fofa, romântica, outras vezes mais expressiva ou até mesmo mais sensual.

As pessoas me perguntam: “mas você não tem vergonha?”

E ter vergonha de que? Acho gratificante ser retratada por uma câmera e poder observar o resultado, a fotografia, depois. Uma mar de sentimentos bons me vem. A auto-estima vai lá em cima. E penso: “Poxa, sou eu mesma? Que mulherão!”

Acho que todas as mulheres, independente da idade, deveriam se submeter a essa experiência, e olhar o resultado final e falar: “uau!”.

A mim não importa a estética do seu corpo, e sim que eu me amo assim.

É uma sensação muito boa e faz muito bem para o autoconhecimento.

E voltando à pergunta que as pessoas fazem: “você não tem vergonha?”, nunca tive problemas com tirar a roupa e ficar nua para fotografia. Já participei de encontros fotográficos em que ficavam várias pessoas me observando e fotografando, e sempre foi muito tranquilo.

Porém, enfrentamos o tabu imposto pela sociedade a respeito da fotografia de nu e sobre o fato das pessoas se submeterem a essa experiência. O nu é lindo, é uma arte de beleza admirável. Sobre o corpo humano e sua perfeição. Sobre nossa capacidade de moldá-lo em poses. Posar é expressão, é uma arte!

Meu ensaio com o Acácio Domingos aconteceu de forma espontânea. Ele me deixou muito à vontade, me dando liberdade para criar minhas poses. O cenário foi muito bacana.

O ambiente que me proporcionou liberdade para criar. Fomos interagindo e “brincando” com a luz ao longo da tarde. E o resultado, qual foi? Ótimo! Ele conseguiu me retratar de uma forma singela, porém muito sensual. E você aí, também não quer experimentar essa sensação?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

​​​


publicado em 25 de Junho de 2018, 10:09
W1siziisijiwmtgvmdyvmjmvmjivnduvmtyvzdfhnzc1yjutyzk4os00ndm5lthjymytmgu0y2ezmjfjmdbjl2f2yxrhci1qcgcixsxbinailcj0ahvtyiisijiwmhgymdajil1d

Marcella Grassi

27 anos, taurina, bachaleranda em biomedicina, modelo fotográfica. Seu instagram é @marcelaggrassi, siga para acompanhar os seus trabalhos.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura