A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

[18+] Bom Dia, meninas do X REAL

A Camila Cornelsen completa três anos do seu projeto, o X REAL, e vai comemorar com um livro!

Nota editorial: estamos em busca de Bom dias com homens e com mais diversidade de corpos e peles — aqui explicamos em mais detalhes o contexto atual da série, suas origens, obstáculos e nossa visão de futuro para ela. Se você é fotógrafo(a) ou tem um ensaio que deseja publicar, fale conosco pelo jader@papodehomem.com.br .

* * *

O X REAL é um projeto de nu fotográfico feminino que comecei lá em 2012. Na época, cheguei a escrever um artigo contando sobre meus motivos, anseios e desejos em relação a ele.

O legal de parar para escrever essa retrospectiva, agora que o projeto já está completando 3 anos, é de olhar pra trás e perceber que o objetivo principal ainda é o mesmo: gostaria de fotografar garotas reais e forma que eu encontrei de trazer pessoas reais para o projeto é fotografar apenas mulheres que se candidatem a participar. Depois de fotografar, seleciono as fotos, dou um tratamento de cor, mas nunca faço correção ou retoques digitais nas imagens, ou seja, não apago estria, celulite e cicatrizes.

Ao longo do percurso foram muitos aprendizados. Um ensaio nunca vai ser parecido com o outro, pois o exercício da fotografia consiste justamente em chegar numa casa que eu nunca vi e fotografar uma pessoa que eu não conheço, nua. Então não tem fórmula para fotografá-las. O legal de ser em casa é porque elas se sentem mais confortáveis, e onde também consigo extrair um número maior de informações sobre a menina. Mesmo assim muitas ainda ficam tímidas e pra mim essa é uma das graças do projeto. Fica muito claro a personalidade de cada uma.

Mas nem tudo foram flores nesse caminho. Logo depois de uns três ensaios publicados, recebi críticas de mulheres dizendo que o projeto só fotografava mulheres magras, e que sendo assim “era fácil não usar photoshop”. Me questionei muito sobre essa definição de magreza e gordura. Por fim entendi que independente do que está escrito no dicionário, “ser magra” ou “ser gorda”, está nos olhos de cada um.

Tive que lidar com a insegurança feminina. Como mulher, também tenho meus dias melhores e piores, então confesso que posso não gostar quando alguém desiste de fotografar porque “está fora do peso”, ou brigou com o namorado, mas entendo. Já tive alguns ensaios que foram fotografados mas infelizmente não foram publicados por conta dessa tal insegurança. E por esses cancelamentos e outros motivos entendi que o X REAL existe para mostrar um nu confortável. Um nu que qualquer pessoa possa ver e apreciar e se identificar.

Meu público, que no inicio era 65% masculino e 35% feminino, hoje está 50/50, uma vitória ter tantas mulheres acompanhando e apoiando o projeto. Sinto até que uma mensagem mais forte de empoderamento vem sendo passada por meio das fotos, em parte por conta das candidatas que participaram. Parece que funciona como uma corrente. Uma mulher participa, adora, se sente forte e bonita, e contamina as mulheres ao seu redor com esse sentimento. Muitas decidiram participar porque conhecem alguém que fez, ou se identificou com uma das mulheres fotografadas.

Depois de 3 anos online e mais de 25 ensaios fotografados, está na hora de testar outra mídia.

X REAL - O Livro

Link Vimeo 

Estou, agora, com esse projeto de transformar o X REAL num livro. Será legal vê-lo impresso, passando nas mãos de outras pessoas e celebrando esse tempo que o ele existe com quem o acompanha.

Como eu venho fazendo o projeto todo sozinha desde o início, de maneira totalmente independente, achei que levá-lo pra uma editora nesse momento não fazia muito sentido, portanto, o livro será feito com financiamento coletivo.

Como o Papo de Homem sempre apoiou o X REAL abrindo espaço no site para discutir sobre ele e mostrar alguns ensaios na série Bom Dia, compartilho aqui uma seleção do que aconteceu durante esse tempo e algumas prévias do que ainda está por vir:

Encerro convidando a todos a colaborarem para que o livro saia da internet e vá pro papel! Para conhecer mais do projeto X REAL - O Livro, basta ir lá na nossa página do Catarse.


publicado em 26 de Outubro de 2015, 00:00
File

Camila Cornelsen

Uma garota que gosta de fotos, música e arte. Tem uma banda – Copacabana Club – onde canta e toca teclado; mantém o X REAL, seu projeto fotográfico. Por causa da música e da fotografia passa a maior parte do tempo viajando. Pode ser encontrada no Flickr, Tumblr, Mixcloud e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura