Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 5 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

[18+] Bom Dia, Rafa Campos

O Bom Dia dessa semana é com o ensaio do Rafa Campos, jornalista piauiense que mora em Brasília

Nota editorial: estamos em busca de Bom dias com homens e com mais diversidade de corpos e peles — aqui explicamos em mais detalhes o contexto atual da série, suas origens, obstáculos e nossa visão de futuro para ela. Se você é fotógrafo(a) ou tem um ensaio que deseja publicar, fale conosco pelo jader@papodehomem.com.br .

* * *

Quando a fotógrafa avisou que era hora de tirar a cueca, vi que não teria mais volta. Era chegado o momento em que teria de provar a mim mesmo todo meu discurso sobre a naturalidade com que eu via o nu.

Sempre achei que não tinha problemas com a minha nudez, talvez porque pense, há muito tempo, que é possível separá-la do sexo. Porém, aquela era a primeira vez que eu estaria sem roupa para muita gente ver. Mesmo tentando, ao máximo, não pensar no julgamento e sempre me garantindo na minha desinibição sagitariana, claro que eu me perguntava: o que diriam quando me vissem nu?

E esse não era o único questionamento. Brinco que o machismo faz com que pau mole se torne uma prova de amor. Nós homens, educados a entendermos o falo ereto como exibição de masculinidade, só ficamos com ele pendendo sem receio na frente de quem realmente gostamos - ou com os bróders no vestiário, em uma forma bem esquisita de mostrar que é "macho".

Assim, tirar a roupa em frente à câmera me garantiu dois preconceitos a menos. Primeiro, entendi que, independentemente do corpo que eu tenha, inseguranças existem e aquela foi uma forma de vencê-las. Sim, eu ainda acho que tenho barriga demais. Sim, acho que minha cabeça emula um boneco de Olinda. A questão não é perdê-las da noite para o dia, mas questioná-las: "Por que isso me causa vergonha em ficar sem roupa?" E, por último, consegui enterrar mais um pedaço do meu machismo: seja como esteja meu pinto, vou continuar sendo homem. E não há ângulo fotográfico algum que me tire isso.

As fotos são da Ana Rayssa.

Boa semana a todos.


publicado em 25 de Janeiro de 2016, 00:05
11667513 1627639657493980 516736017091523013 n

Rafael Campos

Um jornalista brasiliense nascido no Piauí que, na hora de escolher entre video-game e cerveja, sempre acaba derramando algo no controle.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura