A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

6 alimentos de verdade para ajudar a alimentação do atleta

Deixando o whey protein de lado e as barras de energia, os que se exercitam precisam de alimentos reais para se manter

Seria uma espécie de regressão, algo que já estamos fazendo em nossas vidas comuns. Revolução industrial, um boom na economia, todo mundo trabalhando feito doido e, para ajudar esse ritmo, nada como uma boa comida processada, chegando pronta do mercado para a sua mesa. Enlatados, encaixotados. Nos Estados Unidos, os anos dourados da década de 50 nos trouxe essa rapidez na hora de comer.

Hoje, tentamos voltar ao estágio de comer melhor, comidas orgânicas, preparar nossas comidas, o movimento Slow Food, a coisa toda.

As pessoas que se exercitam, os atletas, melhoram seus desempenhos com a ajuda de suplementos que chegam em potes, em enlatados, processados e entregues em pó para uma rápida absorção, uma preparação imediata. Nada contra a utilização, claro, se prescrita e incentivada por um profissional. Mas, mesmo assim, a ideia de voltar e se aproveitar de alimentos ricos em nutrientes necessários aos que praticam esportes é de se valer, é de se olhar.

A revista Go Outside fez uma lista com seis tipos de alimentos naturais e que são bombas nutritivas:

Quinoa

"Embora ela seja uma semente germinada, a quinoa é geralmente considerada um supergrão: são oito gramas de proteínas por xícara. É um dos únicos alimentos que contém os nove aminoácidos essenciais para o nosso corpo construir massa muscular e se recuperar de um treino. Além disso, a quinoa é excelente fonte de fibras e carboidratos."

Berries

"Amoras, framboesas, mirtilos... Fontes de vitaminas A, C e E, as berries têm grande poder antioxidante, protegendo o organismo contra os radicais livres que se formam durante uma atividade extenuante. E mais: comer fontes de alimentos antioxidantes também ajuda a preservar a força muscular na idade avançada -- de acordo com um estudo feito em 2009. O segredo é comer berries de cores diferente, para garantir uma variedade de nutrientes e antioxidantes." 

Feijão e legumes

"Feijão, soja (tofu), lentilha e ervilha são excelentes fontes de proteína – e atletas vegetarianos são a prova disso. Você pode comer esses alimentos no prato principal ou adicioná-los em saladas. Além do benefício proteico, um prato de feijão tem menos calorias do que um filé de carne de boi ou de peito de frango. Ao contrário das proteínas animais, grãos não têm gordura saturada, além de serem boas fontes de fibras."   

Massas

"Proteína pode ser importante para a construção muscular, mas os carboidratos ainda são o componente mais importante da dieta de um atleta. Carboidrato é o nosso combustível. É claro que também podemos queimar gordura ou proteína, mas temos que convertê-los em carboidratos primeiro, o que é mais trabalhoso para o corpo. Na noite anterior de uma grande competição, um macarrão simples com molho vermelho é saboroso e cairá muito bem." 

Banana

"Há cerca de 100 calorias numa banana, fruto que é uma grande fonte de eletrólitos fáceis de digerir e naturais. Elas podem não ser tão convenientes para transportá-las como são as barras ou os géis, mas são uma boa opção para pessoas que estão à procura de uma alternativa natural, querendo fugir de alimentos processados que, basicamente, cumprem a mesmíssima função. Bananas também são uma excelente opção pós-prova por uma boa razão: uma banana contém cerca de 422 mg de potássio, a quantidade certa que o seu corpo precisa para regular fluidos e prevenir cãibras musculares e espasmos. Nós suamos o potássio durante um exercício, portanto é importante o repor o mais rapidamente possível." 

Folhas

"Todos os vegetais são boas fontes de vitaminas e minerais – necessários para o ótimo desempenho. Mas alguns, incluindo verduras de folhas escuras e membros da família das crucíferas (como brócolis e couve-flor), têm maiores concentrações de antioxidantes, fibras e outros nutrientes importantes. Tal como acontece com as frutas, é importante comer uma variedade de cores. Como regra geral, quanto mais escuro, melhor. A exceção é a couve-flor, que tem alto poder antioxidante."

Atletas de alta performance necessitam de cuidados especiais, procedimentos diferenciados. Para todos os outros, vale a reflexão de pensar em se demorar um passo a mais para chegar no resultado desejado (estético ou atlético), mas ingerindo apenas alimentos que você necessariamente sabe o que é e de onde veio.

Das pequenas opções da vida.


publicado em 19 de Abril de 2015, 09:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura