6 Dicas Essenciais para evitar Vírus e Problemas no seu PC - Parte I

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Aqui vai uma relação de dicas muito importantes para evitar ao máximo que o PC se contamine por vírus e, caso venha a acontecer, fique mais fácil de lidar com a situação.


E lembre-se que nem sempre os problemas do Windows são vírus, mas sim arquivos corrompidos ou problemas na instalação de alguns softwares.

Pra quem nunca teve aula de biologia, isso é um vírus

1. Particionar o disco rígido

Se o PC é novo

Quando se adquire um PC novo, é essencial que seja feito o particionamento do HD. Por exemplo: Você comprou um PC com um HD de 80GB. Ele pode ser particionado (dividido) em duas ou mais partes. Tanto faz se vão ser duas partes de 40GB, ou uma de 15GB e outra de 65GB, isso não importa. Quando um PC vem da loja, só existe a partição "C:".

Então, antes de começar a salvar seus arquivos, documentos, mp3, videos, etc, é melhor dividir o HD. Ou seja, ficarão duas partições: a partição "C:" e "D:" (ou qualquer outra letra, conforme a configuração do PC). Mas como se faz isso? Na própria instalação do Windows.

No caso que estou citando, o Windows XP. E Caso tenha dificuldades, tenha o auxílio de um técnico. Aconselho que a divisão seja feita da seguinte maneira (a mais comum): 10GB para a primeira partição (C:) e o restante de espaço para a segunda (D:).

Porquê é bom fazer isso? Quando se instala o Windows XP, pode-se escolher onde ele vai ser instalado. Pegando o exemplo de um HD de 80GB, você (ou o técnico, como eu recomendo) repartiu ele em 10GB (Partição 1 - "C:") e 70GB (Partição 2 - "D:"). Obviamente o Windows vai ser instalado na partição 1 (C:).

Após a instalação, a situação vai ser a seguinte: Windows XP instalado na partição C: (ocupando mais ou menos 2GB, deixando 8GB de sobra) e a partição D: com 70GB livres pra salvar qualquer tipo de arquivo. Então agora que o Windows está instalado, é só começar a criar suas pastas de arquivos no D: como "mp3", "videos", "documentos", etc dependendo do usuário.

Isso é importante porque o Windows está instalado no "C:". Ou seja, qualquer erro, pane geral ou problema que acontecer com o ele, o PC poderá ser formatado na partição C: para reinstalação do Windows e os arquivos que estão no D: continuarão intactos. Não vai ser aquela dor de cabeça de sempre "Ah, mas meus trabalhos estão todos aqui, como é que vou formatar o PC, vou perder tudo!". Com isso, pode formatar o C: à vontade (onde o Windows está) porque o D: (onde seus trabalhos estão salvo) estará lá intacto!

Se o PC é usado / antigo

Meu PC não é velho, é bem conservado

"Ah, mas eu já tenho meu PC há tempo e só uma partição (C:) e não posso perder meus arquivos". Tudo bem, existem várias soluções para isso. Quando um PC já está sendo usado e possui arquivos importantes, não se pode fazer a divisão do HD sem a perda dos arquivos. Antes disso, precisa-se salvá-los. Se você tem um gravador de DVD ou CD, grave todos seus arquivos importantes antes.

Caso não tenha e o PC estiver em rede, tente salvar eles em uma máquina que esteja compartilhada e tenha espaço suficiente. Outra alternativa, caso não possua nem gravador nem rede, é pegar um HD de outro PC, ligar no seu e transferir os arquivos de um pra outro, claro que isso com a ajuda de um técnico. Uma outra solução também são os pendrives, que podem solucionar o problema caso os arquivos não ocupem muito espaço. Seja qual for o método, SALVE seus arquivos antes de repartir o HD para não perdê-los.

2. Sistema Operacional

Detesto essas mensagens de erro do Windows, urghhh!

No tópico anterior eu mencionei o Windows XP simplesmente porque ele resiste mais aos vírus, spywares e ataques que o Windows 95 ou 98. Pra evitar ao máximo a contaminação, instale o Windows XP e logo após a atualização dele "Service Pack 2" ou simplesmente SP2. Caso a versão do Windows XP que você possuir já tenha o SP2, melhor ainda.

Ou então instale o Windows Vista, mas é recomendado um PC de alta performance para este, já que é mais "pesadinho". E particularmente ele é muito instável ainda com programas antigos. É recomendado esperar sair uma atualização do Windows Vista antes de instalá-lo.

3. Onde guardar os arquivos

No tópico 1, já mencionei que sejam salvos os arquivos, documentos, músicas, etc. na partição "D:" em qualquer pasta que seja criada conforme a vontade do usuário nesta partição. Mas mesmo assim, a maioria das pessoas tem o costume de salvar seus arquivos em "Meus Documentos".

Evite ao máximo isso. Essa pasta é muito visada por alguns vírus e trojans. Fora que se você tiver qualquer programa P2P (Emule, Kazaa, Torrent, etc.) ou similar para compartilhamento de arquivos, essa pasta pode estar compartilhada por "default" sem que você saiba, e seus documentos podem ser roubados. E piora a situação caso tenha salvo alguma senha de cartão de crédito ou conta bancária por aí! Crie sempre uma pasta para salvar coisas importantes, e sempre na segunda partição do HD.

Amanhã, a segunda parte do artigo com mais 3 dicas essenciais.

Daniel Ondeburg é autor convidado da PapodeHomem e autor do blog Pandashi-Edge, vale a pena conhecer o trabalho dele.


publicado em 20 de Abril de 2007, 13:57
D5e81f158907e8b5f170fce284e44edf?s=130

Daniel Ondeburg

Daniel Ondeburg ainda não nos disse nada sobre ele. Sim, também estamos curiosos.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: