A Difícil Arte de ser Macho

Não, ninguém aqui está doido e o post não está na sessão errada. Apesar do título, o papo aqui é de molé mesmo.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Não, ninguém aqui está doido e o post não está na sessão errada. Apesar do título, o papo aqui é de molé mesmo.

Hoje, amiga, você vai entender porque também deve aprender a ser macho. Mas calma lá, senta e lê antes de sair dando porrada no teu homem ou bradando aos quatro ventos que quem manda nessa p&$#@ aqui é você, porque não é disso que eu estou falando, aspira.

fortinha
Nota: homens *não* gostam de sentir um bíceps mais definido que o deles

É só que desde que o mundo é mundo e Adão ficou puto porque perdeu a costela, a mulher tem um papel de enorme peso na sociedade, mas quase sempre sem o devido reconhecimento que isso deveria acarretar, e muitas vezes, sem um pingo de respeito.

Se hoje em dia não precisamos mais sair queimando sutiã, e nem seremos nós mesmas queimadas por reivindicar direitos, porque diabos a mulherada afrouxou tanto? Será que montar num cavalo com uma perna pra cada lado e usar tanguinha é tudo que eu preciso pra ser feliz?

A coisa é simples: ser macho, aqui, trata-se de ser ouvida e levada a sério. Sim, você pode ser fútil. Acredite, você não precisa virar caminhoneira para impor respeito. Se você virar um macho fisicamente só vai botar medo, e medo não é respeito. É como quando você é criança, apronta e apanha.

Da próxima vez você bota a culpa na sua irmã, pra ela apanhar no seu lugar, mas

continua aprontando. É possível ser bonita e ter voz, basta saber lidar com as situações. E se a diplomacia não funcionar, sinta-se a vontade para descer das tamancas e fazer um fuá.

Se ouvir "oi princesa", responda "oi sapo". Certamente o homem dos seus sonhos não irá te abordar com cantada barata. Ou então tu tá mal de sonho. Aliás, isso nos leva a outro ponto:

Sim, você pode escolher.

É perfeitamente normal ir a uma balada e ficar sozinha, recruta. Você não precisa ceder a qualquer um que não tenha peitos (pensando bem, alguns tem mais do que eu). Você pode dizer quantos nãos quiser e ficar na boa, curtindo com as amigas. Assim como pode escolher o seu gatinho e, se for 100%,sentar o dedo (essa piada não vai pegar bem) falar com ele também.

chupando-dedo
Aham, eu venho sempre aqui. O dono da boate é meu pai.

Nós mulheres somos seres humanos, como qualquer Zé, com ou sem ruela. Podemos fazer Kung Fu e ser gatinha manhosa. É tudo questão de timing. Dama também responde, descabela, fala palavrão, discute política. Essa coisa de capacidade por gênero é sooo yesterday.

Uma vez vi uma baixinha enchendo um galão de vinte litros d'água, quando um bonito se ofereceu pra ajudar, na maior (cof) boa intenção (cof). A molé pegou o galão, botou nas costas e "não, obrigada" - foi embora sem olhar pra trás.

Não era eu. Mas era das minhas. Pegaram? E last, but not least, minhas queridas: Kung Fu dá uma secada na barriguinha que é uma beleza!

A descrição em duas linhas que a equipe do PapodeHomem fez pra Mirian Bottan ficou muuuito yesterday. Vai lá no blog dela, o Substantivolátil, conhecer pessoalmente.


publicado em 06 de Dezembro de 2007, 11:50
Ac034ca56d1700a7fd38168a8697cfb6?s=130

Mirian Bottan

"Even though I’m a world unto myself, I’m just a speck of dust in the avalanche of events. But nothing will ever force me to think like a speck of dust."


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: