A Seleção Mundial do sexo

Jogadores espanhóis foram barrados com prostitutas num hotel do Recife durante a última Copa das Confederações. O técnico Luis Felipe Scolari, sargentão em outras horas, parece ter esmaecido frente à maratona a qual se sujeitarão os atletas brasileiros e liberou o sexo durante o próximo Mundial. Não sem antes alertar:

"Se for sexo normal, sim. Se for normal é normal, não em cima do telhado. O sexo normal é feito de forma equilibrada, mas tem algumas formas e outras pessoas que fazem acrobacias. Isso aí não pode".

Mas e se o Neymar for acrobata também fora do campo? Aparentemente, nesse sentido o Kaká parecia uma opção mais segura aos preceitos do treinador gaúcho.

Tão antigo quanto o futebol são as escapadas de seus protagonistas. Renato Gaúcho e Leandro chegaram a perder uma Copa do Mundo ao pularem o muro. Telê Santana não os perdoou. Romário e Edmundo pediam dispensa de suas equipes europeias só para curtirem o Carnaval. O Animal certa vez nunca mais voltou e a Fiorentina ficou na mão – me perdoem o trocadilho.

A seleção holandesa, por exemplo, desde 1974 tem deixado a bola correr mais solta. Namoradas, mulheres e quem mais quiser têm lá seus dias para acompanhar os atletas entre um jogo e outro da Copa. Já no Holanda, equipe modestíssima do Amazonas, o presidente decidiu punir os 13 jogadores que não seguraram a onda e partiram para o Carnaval do acanhado município de Rio Preto da Eva, a 80 km de Manaus. Rael, Ricardinho, Alan, Macedinho, São Miguel e Chicão foram parar na rua. Maguila, Celsinho, Siboi, Weverton, Nelison e Júnior tiveram mais “sorte” e acabaram multados em 30% de seus vencimentos.

Como em toda atividade em que se bota um enorme holofote, o futebol também é pródigo em histórias curiosas, menos conhecidas e cheias de malícia. Engana-se quem pensa que só os atacantes estão de amor para dar. E como é ano de Copa, que tal escalarmos uma seleção completa com alguns desses causos, digamos, curiosos?

1. Oliver Kahn

O alemão Kahn comprova que goleiro também vai ao ataque
O alemão Kahn comprova que goleiro também vai ao ataque

Talvez um dos alemães mal encarados mais queridos pelos brasileiros. Foi um goleiro excepcional embaixo das traves, premiado pela FIFA como o melhor da Copa do Mundo de 2002 e também o responsável por soltar a bola errada no momento certo (para nós, claro). Chute de Rivaldo de fora da área e gol de Ronaldo no rebote!

O pesadelo de Kahn sairia do campo de jogo para entrar na vida pessoal com o caso apelidado pela imprensa alemã como “Adultério FC”. Em 2003, pouco depois de se sagrar novamente campeão alemão pelo poderoso Bayern de Munique, o goleiro viu seu envolvimento extraconjugal com a camareira Verena Kerth, então com 21 anos, explodir na imprensa. Tudo enquanto Simone, a esposa do atleta, esperava o segundo filho do casal. Após quase 12 meses, Kahn deixaria a esposa e assumiria o romance com Verena.

2. Leandro

Habilidade de fugir da marcação e da concentração e ainda se manter amigo de Renato Gaúcho
Habilidade de fugir da marcação e da concentração e ainda se manter amigo de Renato Gaúcho

Ágil, habilidoso e inteligente. O lateral que foi campeão da Libertadores e do mundo com o Flamengo e peça chave da fantástica Seleção Brasileira de 1982 acabou se manchando com o técnico Telê Santana ao estender a noitada para além do horário permitido ao lado do então jovem Renato Gaúcho.

O corte do "pegador" e ponta-direita fez com que Leandro anunciasse que não embarcaria para o México, para a Copa de 1986, em solidariedade ao amigo de festerê. A atitude amiga, como se supõe, deve ter rendido boas e infinitas companhias femininas enquanto o Brasil afundava em campo jogando no México.

3. Piqué

Marcação cerrada sobre a colombiana mais conhecida - e desejada - do planeta
Marcação cerrada sobre a colombiana mais conhecida - e desejada - do planeta

O zagueiro catalão não entra na lista por conta de estripulias, escapadas, noitadas delirantes em Las Vegas nem nada disso. O único e necessário motivo para ele estar por aqui é ter fisgado a cantora colombiana Shakira. É o suficiente, certo?

4. John Terry

Com Terry, não tem dessa coisa de "mulher de amigo meu"...
Com Terry, não tem dessa coisa de "mulher de amigo meu"...

O zagueiro e eterno capitão do Chelsea ganhou as manchetes do mundo todo quando seu caso com a modelo francesa Vanessa Perroncel e ex-mulher do lateral Wayne Bridge se tornou público. O famoso talarico, meus amigos. A divida em que Terry se meteu ganhou tons de dramalhão mexicano com as especulações de gravidez e aborto que se seguiram. À época da escapada do zagueirão, Terry e Bridge eram companheiros no English Team e também na equipe londrina.

Terry ainda viu a imprensa relatar, com direito a paparazzi e enviados especiais, seus esforços para resgatar o casamento. O zagueiro perna dura foi engatinhar atrás da esposa, que havia se escondido com os filhos em Dubai. A tentativa de refazer as coisas contou com uma ajudinha do Chelsea, que deu folga para que matrimônio pudesse continuar.

6. Ashley Cole

Parecia um casamento feliz e prodigioso. Parecia...
Parecia um casamento feliz e prodigioso. Parecia...

Mais um inglês. Mais um do Chelsea. Pode parecer até ziquizira contra o time, mas a resposta mais racional é: na Inglaterra, ser paparazzi é muito vantajoso e o povo na Terra da Rainha curte uma fofoca como poucos. Meses após o affair de Terry vir à tona, a atriz, modelo e cantora Cheryl Cole, na época era casada com o lateral, se trancou na mansão do casal, cancelou uma turnê pela Europa e avisou a amigos e parentes sobre o fim do casamento.

O Daily Mirror, um dos tabloides ingleses mais cruéis, fez até uma seção em quadrinhos, usando fotos dos envolvidos para explicar o caso em tom de piada. Em sua autobiografia, Cheryl conta que chegou a atacar o marido ao saber da subida ao ataque do lateral. “Arranhei o rosto dele”. Puxado.

5. Prince Boateng

Meio ganês, meio alemão e completamente fascinado por sexo. O testemunho vem da namorada
Meio ganês, meio alemão e completamente fascinado por sexo. O testemunho vem da namorada

Talvez seja essa a raiz da neurose de todos: afinal, como se comportam os jogadores em seus momentos de folga? Segundo Melissa Satta, namorada do meio-campista ganês Prince Boateng, o atleta já chegou a se contundir por excesso de sexo. “Acredito que a razão para ele estar sempre machucado é que fazemos sexo de sete a dez vezes por semana”, disse Melissa, ao comentar o afastamento do bad boys em 2012 dos gramados. A versão oficial, nunca desmentida pelo Milan, , clube que mantinha o atleta em suas fileiras na época, era de que o atleta havia sofrido uma lesão na coxa.

8. Lampard

O temperamento tranquilo e sem sobressaltos fica para dentro do campo
O temperamento tranquilo e sem sobressaltos fica para dentro do campo

De perfil discreto dentro de campo, Lampard ganhou destaque nas páginas não esportivas após uma temporada de férias no balneário de Ayia Napa, no Chipre, mundialmente conhecido por suas praias e pela vida noturna forte, latente e digna de fazer inveja aos filmes americanos de adolescentes sedentos por sexo. São de lá as imagens e vídeos de festinhas animadas que envolviam o também inglês Rio Ferdinand.

7. Cristiano Ronaldo

Ele é capaz de fazer 50 gols numa edição do Campeonato Espanhol e de atuar fora de campo com a mesma destreza
Ele é capaz de fazer 50 gols numa edição do Campeonato Espanhol e de atuar fora de campo com a mesma destreza

A cada gol marcado, o melhor jogador português da história procura pelo telão. Dança, provoca, leva ao êxtase seus torcedores e gera raiva nos rivais. O vencedor da Bola de Ouro deste ano também poderia concorrer ao prêmio por seu faro goleador fora dos gramados. Seria o “Troféu Michael Douglas”?

Recentemente eternizado na história como maior artilheiro de uma única edição da Liga dos Campeões – já foram 16 gols até aqui e ainda resta a partida final –, Ronaldo aproveitou a solteirice ao lado de Karina Bacchi, Gemma Atkinson, Paris Hilton, Nereida Gallardo e Nuria Bermúdez. Ao que se sabe, a lista se estende ainda um bocado. Atualmente ele parece ter dado uma parada nas festanças, dividindo a vida com a modelo Irina Shayk. Parece um bom plano de aposentadoria.

10. Thomas Hitzlsperger

A coragem de enfrentar os preconceitos faz com ele mereça a camisa 10 da nossa seleção
A coragem de enfrentar os preconceitos faz com ele mereça a camisa 10 da nossa seleção

O ex-meia da seleção alemã não entraria aqui pela qualidade de seu futebol nem pelos gols marcados em campo. Acontece que todo bom jogador de futebol é dotado de uma capacidade de entrega e uma gana de vencer fora do comum. Coragem também não pode faltar. E nisso não há como botar em suspeita o nosso camisa 10, que tem no currículo passagens pelos modestos Wolfsburg (Alemanha) e Aston Vila e Everton (Inglaterra).

Após aposentar as chuteiras, Hitzlsperger decidiu fazer sua jogada mais ousada e saiu do armário com os dois pés de uma vez só. "Já ouvi pessoas dizerem que no futebol profissional você tem que ser forte e poderoso, e acham que ser gay não é isso. Que você é o oposto: que é mole, que não gosta de dar carrinho, que é fraco", disse.

Mas o futebol é realmente um antro de homofobia? “Eu não sei se o futebol é um ambiente tão homofóbico assim. As pessoas especulam que seria assim. Mas já que não sabemos, pois nunca tivemos um jogador gay assumido na Premier League ou na Bundesliga, é difícil dizer que isso vai acontecer. Temos que esperar para ver”. Haja coragem.

9. Vagner Love

Artilheiro do amor agora vive na China. Já teve noites melhores no Rio de Janeiro
Artilheiro do amor agora vive na China. Já teve noites melhores no Rio de Janeiro

Ninguém com um apelido desses poderia estar fora da lista, certo? Ainda durante seus tempos de juniores no Palmeiras, o camisa 9 decidiu ser mais ousado que a média dos jogadores. Nada de planos engenhosos de fuga para escapar da concentração.

Se Maomé não pode ir até a montanha, a montanha que vá até Maomé. E lá foi parar uma mulher no quarto do jovem atleta. O caso ficou tão famoso que virou nome. Em 2008, Love voltaria às manchetes por conta de seu apetite sexual. Dessa vez por conta de um vídeo que circulou a internet em que o atacante se divertia com a atriz pornô Pâmela Butt.

11. George Best

No auge da carreira e bem acompanhado. É o filósofo da equipe
No auge da carreira e bem acompanhado. É o filósofo da equipe

“Em 1969, eu abri mão das mulheres e das bebidas e foram os 20 minutos mais tristes da minha vida”.

Ponta-esquerdo habilidoso com os pés e com as palavras, Best é dono de um punhado de frases que poderiam estar num episódio qualquer do Monty Pithon. É considerado por boa parte da mídia inglesa como o maior jogador da história do Manchester United.

O futebol, as mulheres e a bebida tinham o mesmo peso em sua vida. O terceiro acabou lhe cobrando caro. Em 1990, chegou a participar de um debate na BBC visivelmente bêbado. Mas isso pouco importa. Seu gigantismo como atleta e frasista fez com que 100 mil pessoas passassem pelo seu funeral em Belfast, na Irlanda do Norte, a terra natal de Best.

Então, para facilitar, nossa Seleção Mundial do Sexo ficou assim:

Quem se candidata ao cargo de técnico?
Quem se candidata ao cargo de técnico?

Claro, não há como se despedir sem ele: Renato Gaúcho, o possível treinador da seleção e um homem verdadeiramente apaixonado. Por todas as mulheres.

Link YouTube

Não é mesmo?

Link YouTube

Mecenas: Blowtex

Sexo, futebol e comemoração, sempre estiveram ligados, mesmo que indiretamente.

620x300_Midia

E foi pensando nisso que a Blowtex criou a a promoção “Na hora da comemoração, use Blowtex", que vai dar 16 prêmios de R$ 1.000,00 aos ganhadores.

Para concorrer, você deve enviar uma foto relacionada ao tema e usando a hashtag da semana que você encontra pelo site,

Você também pode participar pela fanpage oficial do Facebook ou pelo instagram (@blowtex). 

Fique atento, toda semana muda a hashtag e o tema.


publicado em 20 de Maio de 2014, 06:38
Eu1 perfil jpg

Rafael Nardini

Vive de escrever bobagem. Torcedor de arquibancada, fake de músico e curioso na cozinha.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura