Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

A Tatuagem Bíblica

Oremos, irmãos. É carnaval.

Você que está aí se jogando na esbórnia, na mais pura perdição carnavalesca, se perdendo em meio ao álcool, às festas, às mulheres, etc etc etc... que péssima conduta, meu jovem.

Talvez esteja na hora de uma reflexão mais profunda. Nunca é tarde para nos iluminarmos. Apesar de o PdH ser um site favorável ao lifestyle Carpe Diem, até nós reconhecemos a importância de entrarmos em contato com nossa espiriualidade, não importa quando, não importa onde. Mas em tempos de carnaval, ahh, como é difícil...

Pois tenho certeza que foi pensando nos dilemas da carne masculinos que uma certa moça iluminada teve a inspiração para fazer a mais católica de todas as tatoos.

Com vocês, a Tatuagem Bíblica:

tatuagem-biblica
Bible Tatoo. Certeza de redenção em mais de 24 idiomas e 5 continentes. Praticamente uma pulserinha vip para o paraíso.

Pausa para reflexão.

(...)

(...)

(...)

(...)

(...)

Legenda para elucidar aqueles não-fluentes no idioma Yankee*:

O amor é paciente, é benigno; o amor näo é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.
- Coríntios 13

O detalhe é: o que exatamente vai estar fazendo nosso fiél imberbe no momento de criteriosa e paciente análise desse belo texto?

o_0

Na dúvida, um brinde a esse grande mistério, irmãos!

--

* tradução aproximada, pareciam haver divergências entre a tatoo e a referência bíblica que encontrei.


publicado em 22 de Fevereiro de 2009, 18:49
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura