Android supera o Windows e o mundo já não é mais como era antigamente

Software da Microsoft era líder do ranking de mais usados desde que foi inventado na década de 1980. Não é mais.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Você consegue ouvir o tom da voz do seu pai/mãe/tio/avô quando lê aquela frase "na minha época era diferente..."?

Pois bem, agora, quando/se você tiver filhos, sobrinhos, netos ou for falar com alguém de uma geração mais nova do que a sua também poderá usar a velha máxima saudosista. O mundo, meus amigos, não é mais como era antes.

Nesta segunda-feira, um levantamento feito pela firma de análises StatCounter revelou que o Android superou o Windows no topo dos softwares mais utilizados no mundo. Foi uma superação tímida, mas foi.

Segundo os dados do relatório que leva em consideração todos os dispositivos disponíveis no mercado (computadores, notebooks, tablets e smartphones), o software do Google está sendo usado em 37,93% dos aparelhos, enquanto o Windows está em 37,91% deles. O mais importante, porém, é que essa diferença de apenas 0,02% foi o suficiente para quebrar uma hegemonia do Windows na liderança desde... quando ele foi criado!

“Esse é um marco histórico na história da tecnologia e o fim de uma era”

Aodhan Cullen – presidente-executivo da StatCounter

Além da queda do Windows, o número represente, sob outra perspectiva, uma ascensão incrível do uso de Android no mundo. A título de comparação, esse sistema tinha apenas 2,4% do uso de internet no mundo há cinco anos, enquanto seu concorrente tinha 25%.

Motivos

A partir do relatório, a empresa também avaliou que tamanho crescimento se deve, basicamente, a dois fatores principais: (i) a preferência do mercado asiático pelo dispositivo do Google ao da Apple, por exemplo, para plataformas mobiles e (ii) por conta da superação do uso de dispositivos fixos, como os PCs, por dispositivos móveis, como os smartphones.

No mercado asiático, o Android tem a preferência de mais de 50% dos usuários, enquanto o Windows não chega nem a 30%. Sendo assim, por mais que a Microsoft ainda lidere na América do Norte e na Europa, a enorme população de países como China e Índia, por exemplo, impulsiona o sistema do Google no ranking.

Imagina a quantidade de gente fazendo qualquer coisa usando celular na China.

Ao mesmo tempo, há alguns anos já se sabe que os smartphones assumiram a dianteira no ranking de dispositivos utilizados pelas pessoas para acessarem a internet. Nesse ponto, a opção da Microsoft por continuar a investir em softwares para desktops e não para mobiles fez com que ela tivesse um atraso nessa área e enfrentasse uma resistência maior do mercado, gerando impactos em números como o analisado acima.

Agora que a plataforma mais utilizada é o mobile e o software mais utilizado, o Android, o mercado tecnológico e também de produção de conteúdo digital deve ter prioridades adaptadas. Um negócio digital nativo, em geral, deve pensar primeiramente em lançar suas bases num celular com Android. Negócios mais antigos, por sua vez, devem se preocupar em fazer essa transição se quiserem se manter vivos.

É o que estamos fazendo.

Veja também

70% dos empregos que conhecemos hoje desaparecerão (e serão sustituídos por robôs)

11 motivos para ficar animado com o futuro da tecnologia

Como a tecnologia sequestra a mente das pessoas


publicado em 04 de Abril de 2017, 19:57
Logo pdh png

Redação PdH

Mantemos nosso radar ligado para trazer a você notícias, conversas e ponderações que valham o seu tempo. Para mergulhar na toca do coelho e conhecer a visão editorial do PdH, venha por aqui.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: