Aos nossos parceiros, muito obrigado

Não tem para onde correr: ou você tem grandes parceiros, ou você afunda

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

O post de fim de ano logo vem, tão tradicional quanto a piada do pavê, e com ele virá uma retrospectiva farta do que aconteceu durante o ano mais rápido da história. 

Aqui a ideia é outra.

O PapodeHomem completa 9 anos em breve e, mesmo não estando presente durante todo esse tempo, eu me arrisco a dizer que nunca foi tão óbvio o quanto somos frágeis.

Não importa que a gestão amadureça, que o conteúdo se apresente de maneira interessante e profunda, que a equipe de negócios consiga bolar estratégias incríveis para sustentar a casa, a verdade é que ter uma empresa é um voto de fé

O conjunto de coisas que pode dar errado é tão grande, as condições se alteram com tanta facilidade, que fica fácil de perceber o melhor caminho: fazer o possível, se organizar da melhor forma e ter muita clareza – e resiliência – para entender que não existe gestão à prova de realidade.

Tem hora que realmente parece que vai dar certo, juro. E tem hora que tudo parece uma grande e rechonchuda matéria do Sensacionalista.

* * * 

Nós constantemente agradecemos aos que trabalham no front e aos leitores que justificam a existência disso aqui, mas achei que seria um bom momento para agradecer nossos parceiros, comerciais ou não, que compram a batalha junto conosco e viabilizam nossa existência.

Eu pensei em entrar em um discurso primeiro-pedaço-do-bolo ("ah, a gente ama todo mundo"), mas achei justo citar algumas pessoas, mesmo correndo o risco de esquecer muitas outras.

Ao Kenzo, nosso developer Ruby, ridiculamente competente, possuidor de uma rotina de sono peculiar.

A Engage (Enzo, muito obrigado), empresa que tocou a construção do nosso novo site. 

Ao Guilherme, da GoCache, que oferece o melhor suporte que eu já experimentei, além do serviço incrível, a preço justo. 

Ao Elder Martins (autor do layout do novo site), ao Gus Fune (inúmeros perrengues tecnológicos, ninja-pioneiro da TI sem o qual talvez o PdH sequer existisse), ao Walmar Andrade (primeiro layout, R$ 1000,00 suados), ao Rafa Barros (programador do primeiro site). Ao Anderson Schimuneck, por ter feito nossa logo.

Ao Gustavo Gitti e ao Fábio Rodrigues, por trazerem uma visão de florescimento humano que provavelmente não teríamos encontrado por conta e que influencia todo nosso trabalho (e tudo que lêem) de modo bastante profundo.

Ao Alex Castro (primeira grande voz que nos fez atentar para as minorias).

Ao João Marcos, que tocou o financeiro por um bocado de tempo, por um salário simbólico, enquanto operava jornadas longuíssimas em outro emprego.

Às pessoas que trabalharam por aqui, sem exceção. Um agradecimento especial às pessoas que saíram recentemente e de alguma forma continuam por perto: Franco, Ismael, Luiza, Moniquinha (saudade, feijoada).

Moniquinha, Franco, Lu e Ismael (belo bigode)
Turma (quase) toda

E outro agradecimento aos que entraram nos últimos tempos e estão movimentando a energia da casa: Marcela, Breno e Lygia.

Aos mais de 600 autores voluntários (sempre me assusto quando vejo esse número). Não enxergamos essas pessoas como "colaboradores" distantes. Estamos construindo visões benéficas em diferentes áreas com ajuda de quem já faz isso há bastante tempo, como acontece com Fred Mattos, Bruno Passos, Eduardo Pinheiro, Alberto Brandão, Débora Navarro, Bia Amorim e por aí vai (alô todas as outras dezenas de autores incríveis que não me lembro nominalmente agora).

A todos os que já deixaram algum dos mais de 400.000 comentários feitos em nossos artigos. Isso torna as conversas mais vivas e úteis, cria uma comunidade.

Um gigantesco agradecimento às autoras mulheres, que ajudaram a iluminar um veículo que, mesmo com os deslizes ligeiramente frequentes, se orgulha um bocado do crivo e critério que pratica.

A todos os participantes da extinta Cabana, por nos ajudarem a explorar outras masculinidades, mais humanas, mais possíveis, menos opressoras.

A todos envolvidos no projeto de pesquisa mais documentário "Precisamos falar com os homens: uma jornada pela igualdade de gênero": ONU Mulheres, Satori, Monstro Filmes, Heads Propaganda e Grupo Boticário. Logo mais vão ficar sabendo bem mais sobre esse lindíssimo projeto aqui no PapodeHomem e nos canais da ONU Mulheres, também. Aguardem.

A todas as marcas que confiaram ao investir e se associar com o conteúdo benéfico e de qualidade produzido pelo PdH, nos permitindo seguir vivos. Para citar alguns:

  • A Nubiha, melhor gerente de marca do mundo, da Sony;
  • Ao Guilherme Retz, da F.Biz, por todo o suporte durante os tempos de projeto Kaiser;
  • Ao time Natura envolvido no Portal Homem, projeto que nos permitiu seguir vivos num dos vários momentos em que quase fechamos as portas;
  • A Tais Trevisol, Fernanda Martins, Carolina Yuki e toda a equipe d'O Boticário por apoiar dois grandes percursos, extremamente significativos e importantes: Admirável xaveco novo e 23 dias para um homem melhor;
  • A Ellen Oliveira, o Augusto Paz e toda a equipe de Dafiti, por serem tão compreensivos e nos permitirem abordar um tema tão delicado e controverso no universo masculino (e por patrocinarem os textos do Bruno Passos, que é um dos autores mais anarquistas e v1d4 l0k4 que já passaram por essas bandas);
  • A Adriane Rocha e Claudia Freiesleben, da Ford, pela parceria de sempre, em especial durante o PapodeCopa, projeto que emplacamos no ano passado. 
  • Aos queridos Rafael Vivolo (IdeaFixa) e Rafael Rosa (Hypeness) pelos constantes momentos de apoio ao longo de 2015;
  • Larissa Cembranel, Manuela Codas, Guilherme Moreno, Tomás Tavares, Danilo Novais e toda a equipe da F.Biz que confiou no nosso portal para criar projetos incríveis com Chivas;
  • A Viviane Duarte do Plano Feminino por trilhar esse caminho junto conosco.
  • Tatiana Maciel, Amanda de Oliveira e Felipe Boian por nos dar a oportunidade de criar um canal de conteúdo cheio de infográficos sobre cervejas para a Consul.
  • Renata Lemos, Deborah Santana, Rubia Sinhorini e o time da Ogilvy por nos possibilitar fazer um canal sobre barbas oferecido por Philips contando com tantos vídeos bacanas;
  • João Pedro Gusmão por confiar no PapodeHomem para fazer tantas campanhas de filmes e séries da HBO;
  • Carolina Gattás, Juliana Flora, Matheus Machado e time da VML por fazer da Netflix um dos principais clientes do nosso portal este ano;
  • Kelly Nascimento, Juliano Paiva e equipe de mídia da LiveAD por projetos de PepsiCo e Ambev;
  • André Sanches, Rafael Roque e Angélica Gomes da JWT pelas oportunidades de trabalharmos com Shell e Warner;
  • Thany Moraes, Carol Sartor e Analu dos Santos da agência HouseCricket pelas oportunidades com Subway (3o lugar no prêmio da ABMED!);
  • Brunno Feola e Fabiana Berolino por confiarem que o PapodeHomem seria capaz de criar uma voz sobre privacidade digital para lingeries Hope;
  • Dayane Alves, Marina de Oliveira e todo o time da Almap pelas oportunidades que tivemos para trabalhar com Volkswagem

* * *

Se perceber vulnerável traz certo frio na barriga e é um consolo sem tamanho saber que estamos cercados de um rede tão incrível, tão solícita e tão rica. 

De coração, muito obrigado.

Seguimos.


publicado em 03 de Novembro de 2015, 16:49
Eduardoamuri

Eduardo Amuri

Autor do livro Dinheiro Sem Medo. Se interessa por nossa relação com o dinheiro e busca entender como a inteligência financeira pode ser utilizada para transformar nossas vidas. Além dos projetos relacionados à finanças, cuida também da gestão dO lugar.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: