As 7 principais uvas brancas do mundo

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Já falamos aqui sobre as uvas tintas. Elas são as mais consumidas e claro que as mais associadas ao vinho. Dificilmente alguém lembra de uma taça com um líquido dourado quando falamos em vinho.

Mas nem só de tintos vive o mundo dos vinhos. Os brancos são um espetáculo à parte que merece ser conhecido. Em geral são mais frescos e devem ser consumidos gelados (mas não muito gelado, senão você não vai sentir aroma e sabor nenhum). E grande parte deles é usado também para fazer espumantes.

Vamos ver aqui algumas das principais uvas brancas.

Chardonnay

Captura de Tela 2013-04-13 às 09.58.08

Se a Cabernet Sauvignon é a Rainha das uvas tintas, a Chardonnay é a correspondente das uvas brancas. Sou capaz de apostar que se você só provou um vinho branco seco na sua vida, provavelmente foi Chardonnay.

Dela sai um vinho branco dourado, que pode passar por madeira ou não, dependendo do que o enólogo quer fazer.

Os aromas também dependem da forma como é feito, se vai passar por barricas ou não. Quando não passa tem aromas de frutas cítricas, limão, maçã ácida e pêra. Quando passa por barrica pode ter aromas de maçã assada, manteiga derretida, flocos de aveia, noz-moscada, caramelo, baunilha, fumo de madeira.

É uma das uvas usadas para fazer os famosos Champagnes.

Sauvignon Blanc

Faço uma outra aposta: se você bebeu um vinho branco e não foi Chardonnay, com certeza foi Sauvignon Blanc. É a segunda casta branca mais cultivada no mundo e tem características bem diferentes da Chardonnay. É só abrir uma garrafa de vinho Sauvignon Blanc e você vai perceber facilmente um aroma de fruta tropical, lembrando maracujá, bem intenso. Além disso, frutas cítricas, maçã verde, manga, melão também aparecem.

E é um vinho que tem muito frescor, ou seja, para a beira da piscina, é ideal.

Riesling

Famosa pelos vinhos alemães, a Riesling também é uma uva muito famosa e que tem características também únicas: ela exala um aroma petroláceo, de borracha, muito intenso. Mas não pense que isso é ruim, porque não é. E aí é que está a graça dela.

Existem também grandes vinhos de sobremesa, doces, feitos com Riesling. O difícil, se você comprar uma garrafa alemã, é pronunciar os nomes que vêm escritos no rótulo.

Captura de Tela 2013-04-13 às 10.00.01

Pinot Grigio

Apesar de ser uma uva muito consumida em países como os Estados Unidos, aqui não vemos muitos vinhos feitos com ela. Em geral os vinhos saem mais leves, com aromas cítricos, de pêra e até de lichia. Para beber com amigos em um dia ensolarado, para começar a festa, é ideal.

Chenin Blanc

Mais uma pouco conhecida, mas bastante cultivada. É usada para fazer espumantes e tem também aromas bem leves e pode ser uma ótima alternativa para quem não curtir muito os aromas mais fortes da Sauvignon Blanc, por exemplo.

Gewurztraminer

Vou te ajudar. Antes de seguir a leitura, clique aqui e depois clique no ícone do alto-falante. Depois que souber pronunciar o nome da uva, podemos continuar.

Essa é uma uva de origem alemã e que tem uma característica muito interessante: quando você levar esse vinho ao seu nariz, vai sentir-se praticamente dentro de um buquê de flores, mas não se iluda, porque na boca ele é seco. Dizem que as mulheres adoram os vinhos feitos com essa uva. Vale tentar.

Torrontés

Uma uva que está praticamente só na Argentina e que também é diferente de todas as outras. É possível encontrar dois tipos de Torrontés: um que tem muito aroma de fruta e outro que tem muito aroma de flor. Na boca é até mais adocicado que a Gewurztraminer, mas ainda assim é seco e pode até te enganar. Mas um bom torrontés com umas empanadas de carne, não tem nada melhor.

Curtiu? Que tal incluir alguns vinhos brancos na sua programação enológica?

E, como bônus, deixo este infográfico com algumas boas justificativas para convencer alguém a tomar um vinho com você.

c3b3a7fc57f22f61c799eb565e98c9e5


publicado em 19 de Maio de 2013, 06:44
Ca8af9869be23caab81ccf89ac2be40e?s=130

Daniel Perches

Daniel Perches é publicitário e blogueiro no www.vinhosdecorte.com.br e nas horas vagas bebe vinho. Prefere os espumantes, bebe muito tinto e sempre acha que vai conseguir espaço na adega para guardar mais uma garrafa.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: