Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

As versões para Twitter dos grandes clássicos da literatura

Garimpando em grandes livrarias, acabamos encontrando verdadeiros tesouros perdidos entre as centenas de lançamentos que não valem nem a árvore que derrubaram para fazer o papel. Desta vez fiquei absolutamente apaixonado por“Twitterature – The World’s Greatest Books Retold Throught Twitter”, com versões para Twitter de grandes clássicos da literatura.

Usando toneladas de bom humor e uma leitura crítica apurada, Alexander AcimanEmmett Rensin escreveram um dos mais divertidos livros usando o Twitter como base. Esses verdadeiros malucos transformaram 60 clássicos literários em tweets usando a linguagem da internet, sem perder a essência da obra.

Dentre as várias versões, algumas frases são verdadeiras obras primas e por si só valem a aquisição deste pequeno livreto.“Édipo Rei” de Sófocles tem um dos melhores tweets:

“FESTA EM TEBAS!!! Ninguém tá nem aí praquele rei velhaco que matei, e mais, aquela mulher tá na minha. Baita MILF.”

As referências também são muito bem sacadas como comparar "Madame Bovary" com "Desperate Housewives" e encontrar semelhanças entre o sistema Torrent e a busca por partes de corpos para o monstro de Frankenstein. A narrativa realmente é feita para as novas gerações, que estão mais acostumadas com "Matrix" e abreviações da web do que com mitologia grega e inglês arcaico.

De todas essas inspiradas versões, destaco a comédia “Lisístrata” do grego clássico Aristófanes“O Capote” do russo Gogól, que me fizeram chorar de rir. Engraçado que a maioria destas versões te deixa com água na boca para ler ou reler estes grandes clássicos.

Ser ou não ser? LOL | Crédito imagem: Fí! , http://falafi.blogspot.com/

Porém, a mais curta das versões é provavelmente a mais verdadeira e bem bolada. Em “On the Road”, os autores resumem a obra máxima da geração beat em apenas um tweet:

“Para a versão ‘Twitterature’ de ‘On the Road’ de Jack Kerouac, leia ‘On the Road’ de Jack Kerouac.”

No Brasil, o lançamento mais interessante gerado a partir do Twitter foi “Na Kombi” da Editora Barba Negra em parceria com Editora Leya. Trata-se de uma coletânea das melhores frases do perfil @na_kombi. A mente por trás do projeto é o roteirista e redator Ulisses Mattos, também conhecido, pelos leitores do falecido site Cocadaboa, como Odysseu Kapim.

Outra obra com tema semelhante é “90 Livros Clássicos para Apressadinhos” (Ediouro) do roteirista Thomas Wengelewski e do desenhista Henrik Lange. A proposta é adaptar os clássicos para a linguagem dos quadrinhos.

Para quem gosta de leituras divertidas e descompromissadas, recomendo “Twitterature” pela sagacidade contemporânea. Já para os que preferem se enfiar por meses em grandes clássicos da literatura, recomendo “Twitterature” como uma espécie de tira gosto que realça o sabor do prato principal.

 


publicado em 12 de Abril de 2011, 09:48
34248f1a3b00d4b22532491a9efa8a31?s=130

Raphael Fernandes

Formado em história na USP, decidiu jogar seu diploma fora trabalhando como editor da revista MAD. Atualmente, também é analista de mídias sociais, roteirista e redator. Perde mais tempo lendo e escrevendo do que contando dinheiro. Twitter: @raphafernandes. Blog: www.contraversao.com.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura