A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Bom dia, Haylie Noire

Quando estava na faculdade, costumava chegar cedo para não pegar trânsito e arrumar um lugar livre no ônibus. Sempre ficava balangando beiço com alguém por vários minutos, vendo todo mundo chegar para o turno da noite. Como gosto de ficar olhando as pessoas, analisava cada pessoa que passava.

"Que menina linda, adoro mulher de cabelo curto."

"Que menina linda, adoro mulher baixinha..."

"Humm, adoro morena..."

"Ahh eu não resisto a um cabelo cacheado…"

"Acho que tô amando, adoro…"

"PORRA PEDRO! Cê gosta de mulher igual o Wando, já entendi!" -- essa frase veio de uma amiga que, junto comigo, falava do povo que ia e vinha. Eu ia um pouco contra a corrente da maioria dos amigos que, pelo visto, gostavam de capa de revista.

Haylie Noire é uma dessas garotas que você vê no ponto de ônibus, carregando um caderno ou uma mochila. Daquelas que é sua vizinha de porta ou a menina que faz bico naquele barzinho que você vai às quintas-feiras. É uma daquelas garotas pé descalço na terra batida, banho de mangueira no terreiro, uma garota panquecas com frutas vermelhas, se é que me entende.

tumblr_n7bxx93wYj1roy4qoo1_500
tumblr_n8apm0OJWV1roy4qoo1_500
tumblr_n8x8q06GJQ1roy4qoo1_500
tumblr_n8xbnccSnZ1roy4qoo1_500
tumblr_n9dytbiNbj1roy4qoo1_500 (1)
tumblr_n6wut3av1F1roy4qoo1_500
tumblr_n9fx6umdzK1roy4qoo1_500
tumblr_n9jjplxHXq1roy4qoo1_500
tumblr_n9lj68IcsH1roy4qoo1_500
tumblr_n9wijqyItz1roy4qoo1_500
tumblr_n96lh1ujmk1roy4qoo1_500 (1)
tumblr_n690biZyUP1roy4qoo1_500
tumblr_na5lrazghQ1roy4qoo1_500
tumblr_nab8cr9njW1roy4qoo1_500
tumblr_nah220QbOm1roy4qoo1_500
tumblr_narkefXNh31roy4qoo1_500
tumblr_nazjh1ZYDW1roy4qoo1_500
tumblr_nbai6wRKnQ1roy4qoo1_500
tumblr_nbdzd0SW9D1roy4qoo1_r1_500

Eu não poderia dizer nunca, que ela é comum. Ela, assim como toda mulher, é um universo inteiro, pronto não para ser explorado, mas admirado.


publicado em 15 de Setembro de 2014, 06:00
28d2dc073d6cdf08302c0ed5fa15db8a?s=130

Pedro Turambar

Pedro tinha 25 anos e já foi publicitário. Ganha a vida fazendo layouts, sonha em poder continuar escrevendo e, quem sabe, ganhar algum dinheiro com isso. Fundou o blog O Crepúsculo e tem que aguentar as piadinhas até hoje. No Twitter, atende por @pedroturambar.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura