Bom dia, Marielena

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Conjugue olhar profundo -- ainda que um certo tom de timidez --, corpo esguio e cabelos levemente avermelhados. Marielena é uma, mas poderia ser muitas. Pode apostar: há várias delas espalhadas por aí.

No metrô, no elevador e na pós-gradução. Barcelona, Santiago, Roma, Buenos Aires, na barraca de vinis da Benedito Calixto ou na mesa de um bar-chique-decadente-lotado-nas-noite-de-verão da Vila Madalena. De um tempo para cá, há loiras, mulatas, morenas e Marielenas.

O melhor de tudo é aquela sensação de que se você der espaço, um passo em falso qualquer, e ela te devora.. Rouba sua mente, seus livros e ainda bota Nat King Cole na vitrola só para dizer -- sem precisar -- "essa casa é minha".

Link Vimeo

O que usar, Marielena? O que usar? Nós. Todos nós.

Nota do editor: Ah, não temos a confirmação, mas na cabeça do autor - confesso amante do futebol, da cultura, da língua e de Buenos Aires - a Marielena deste post é argentina.
marielena6
marielena1
marielena3
marielena7
marielena4
marielena5
marielena2
marielena8
marielena9

Boa semana a todos.


publicado em 02 de Dezembro de 2013, 08:00
Eu1 perfil jpg

Rafael Nardini

Vive de escrever bobagem. Torcedor de arquibancada, fake de músico e curioso na cozinha.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: