Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Bom dia, Mayhara

Bom dia, Mayhara... bom dia Santa Bárbara, Minas Gerais... bom dia hálito gelado do outono no campo, a brisa gélida que se mistura com o sol seco e duro iluminando a janela, a entrada da casa, a grama.

Esse é mais um vídeo feito pelo pessoal do Libertine.nu, que já apareceu aqui no PapodeHomem em outras oportunidades (o Bom Dia, Jasmin e o Bom Dia, Ana Paula).

 

O Libertine é um projeto onde garotas reais são fotografadas em ensaios focados em sua beleza natural.

á trabalho há alguns anos no ramo de comunicações e mídia em áreas não relacionadas à fotografia, que entrou meio que sem querer na minha vida. Este é um espaço para promover a aceitação e a divulgação da beleza natural das mulheres.

Criei o Libertine com o objetivo principal de oferecer uma alternativa ao atual padrão de beleza irreal oferecido pela maioria das revistas e mídia mainstream. Além disso, é um site voltado para mulheres não-celebridades. Aqui qualquer mulher pode ser modelo num ensaio fotográfico absolutamente sexy.

Sobre o Libertine.nu

Link Vimeo

Real, sexy... mais do que isso, gosto de reparar nos detalhes desses trabalhos, os pontos quase esquecidos que moldam o todo. A calcinha quando ela joga a roupa pra cima numa espécie de libertação ou celebração. Ou então quando ela está em cima de saltos preto e vermelho que só são interessantes quando formam par com a calcinha minúscula, as poses mais duras, diretas.

Detalhes. São eles que dão graça pra coisa toda.

mahyara_-8
mahyara_-26
mahyara_-20
mahyara_-32
mahyara_-45
mahyara_-47

Boa semana a todos.


publicado em 13 de Maio de 2013, 07:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura