A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Bom dia, mina da camiseta furada

Eu já me apaixonei por uma mulher enquanto ela se arrumava para um jantar.

Prendeu o cabelo no próprio cabelo, sacou o batom vermelho, pintou os lábios que em breve estariam no meu corpo, passou rímel, trocou a calça, a blusa, cinco vezes, está bom assim, está linda, não sei se combina com meu humor, entendo, a calcinha tá marcando, somente o necessário, acho que vou trocar de calça, mais uma calça, mais três blusas, retoque no batom, seu pescoço é lindo, um beijo, dois, dez, desse jeito a gente perde a reserva, vamos ficar aqui, o pessoal está esperando a gente no bar, tá bom, vou me trocar, de novo, de novo, prende o cabelo com um graveto ou sei lá eu o nome daquilo, retoque no batom, acho que vou de vestido, olhou-se no espelho, se namorou, a namorei se namorando, seus olhos, tão borrados, são lindos, sorriu, de um verde que me faria matar e morrer, bobo, um beijo, só um, precisamos ir.

Ela me ganhou enquanto se vestia, enquanto escancarava sua deliciosa vaidade refletida em muitas cores no espelho.

Já Lavinia Sima é seu oposto. Não se pinta, não se porta. Mulher in natura que, não tendo adornos, é estonteante em si. Lavinia apenas precisa de uma camiseta furada para tirar suspiros.

Link Vimeo |

Boa semana a todos.

Pê-ésse musical:a trilha do vídeo é "Un uomo che ti ama", de Lucio Battisti.

 


publicado em 18 de Junho de 2012, 07:10
File

Rodolfo Viana

É jornalista. Torce para o Marília Atlético Clube. Gosta quando tira a carta “Conquiste 24 territórios à sua escolha, com pelo menos dois exércitos em cada”. Curte tocar Kenny G fazendo sons com a boca. Já fez brotar um pé de feijão de um pote com algodão. Tem 1,75 de miopia. Bebe para passar o tempo. [Twitter | Facebook]


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura