A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Brasil: grandes feitos dos últimos 188 anos

Hoje o maior país do continente está de anos em festa. Urra para todos nós! Para comemorar um dia tão especial fizemos uma lista com grandes feitos desse povo heróicoque não foge à luta.

Não são coisas fáceis de serem realizadas e algumas custaram um bocado de esforço e sacrifício.

Grandes feitos, sabemos, são em sua maioria incomparáveis. Vale lembrar que esta é uma lista pessoal, assim entraram alguns fatos históricos e não entraram outros. Obviamente, o campo de comentários está aberto para sugestões, críticas e convites para tomar uma cerveja.

1. Defesa ardilosa do Uruguai

Era 1845. 15 anos antes o Uruguai havia se separado do Brasil na única rebelião separatista bem-sucedida da história nacional. Apesar disso, e estar em um governo recém-saído da sua pior guerra civil, o Brasil apoiou os 2 lados envolvidos na Guerra Grande (Argentina X Uruguai) e conseguiu o que queria: manter o Uruguai independente e de quebra ganhar alguns territórios disputados com os orientais.

2. Pacificação gentil do Haiti

Mesmo sem caixa sobrando e histórico quase nulo de atuação militar internacional, o país assume a liderança da equipe da ONU para a pacificação do país mais pobre das Américas. Até o momento, o resultado tem sido satisfatório e o maior obstáculo foi imposto pelo terremoto de janeiro de 2010.

Veja como está o Haiti agora:

"Segundo Floriano Peixoto, o Haiti hoje "está absolutamente seguro" e crimes como sequestro simplesmente deixaram de existir após o terremoto.
Ontem, ex-comandante brasileiro das tropas da ONU no Haiti ganhou elogios do general Douglas Fraser, do Comando Sul dos EUA, pelo esforço em tentar aliviar a dor dos haitianos." Fonte: UOL

3. Conquista pacífica do Acre

O cenário tinha tudo para dar errado. Civis brasileiros ocuparam o território de um outro país, que tinha acordo de defesa mútua com os EUA, e declararam a independência 3 vezes em 4 anos. Por 2 vezes o próprio exército brasileiro acabou com a brincadeira.

Em 1904 acabou a paciência e o Brasil anexa o Acre, que estava em vias de ser arrendado para uma empresa (sério!). Para evitar uma guerra continental com os EUA, os brasileiros oferecem a construção de uma ferrovia e pagam 2 milhões de libras para a Bolívia.

Dizem que o dinheiro foi usado para comprar um cavalo de raça. Outros dizem que o cavalo já estava morto.

Inauguração da Ferrovia Madeira - Mamoré

4. 44 anos de paz interna durante o império

Após o final da Revolução Farroupilha, o país sob o reinado de Dom Pedro II não registrou uma rebelião qualquer. Até o momento, fora o período mais longo de paz interna enfrentado por qualquer país no mundo.

5. Reconhecimento imediato de Angola

Apagar a mancha de ser um dos últimos países a abolir a escravatura não é fácil. O esforço mais relevante nesse sentido aconteceu em 1975, quando o embaixador especial do Brasil em Angola entrega uma carta de reconhecimento formal minutos após o país declarar sua indendência em gesto que ainda é lembrado na ex-colônia portuguesa.

Detalhe: o novo governo era declaradamente comunista e o Brasil vivia no regime militar. Assim, apesar do feito, o diplomata responsável teve sua carreira praticamente encerrada.

Angola, para quem não sabe, foi a origem de boa parte dos escravos enviados para o Brasil e durante um bom tempo, ali pelos séculos XVII e XVIII, foi governada por brasileiros escravocratas.

6. Minorias contrarrevolucionárias

Fazer revolução é bonito e todo mundo quer, todo mundo gosta, certo? Como este não é o site do PCB vale a pena lembrar 2 movimentos contrarrevolucionários cuja única intenção era manter a lei e a ordem.

O mais recente é o movimento conhecido como Legalidade. Ele tomou corpo quando o Congresso ficou em dúvida se deveria permitir ao vice de Jânio Quadros assumir a presidência. "Ele é o vice, pô!" disseram os legalistas, que mesmo em inferioridade, durante alguns dias preparam-se para a guerra contra o "governo", que recuou e permitiu que a lei fosse adiante, com a posse de João Goulart.

Jânio e Che. Essa amizade não era bem aceita

Pouco menos de 30 anos antes um movimento semelhante, mas de proporções muito maiores, forçou o governo golpista de Getúlio Vargas a manter a constituição. Os paulistas poderiam ter vencido a batalha na Revolução Constitucionalista caso tivessem recebido o apoio prometido de mineiros e gaúchos.

Ao contrário, foram atacados por estes e acabaram isolados. No entanto, venceram a guerra.

Entre outras coisas, a revolução constitucionalista forçou que as eleições de 1933 realmente ocorressem e um novo poder fosse criado para diminuir as fraudes nas urnas. Era a Justiça Eleitoral.

--

Quer sugerir outros fatos que elevaram a posição do Brasil na Terra? Use os comentários.

--

Bibliografia:

A Ditadura Derrotada, Elio Gaspari
Mauá - Empresário do Império, Jorge Caldeira
1975 - Brasil reconhece a independência de Angola
Wikipedia (vários artigos)


publicado em 07 de Setembro de 2010, 11:14
11143499 10152850853642066 223295243028169436 n

Daniel Bender

Jornalista, Diretor de E-commerce e Caçador de Descontos no 1001 Cupom de Descontos. Sempre disponível para conversar no boteco.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura