Como se transforma a paternidade no Brasil? Faltam apenas 4 dias para o PAI: Os desafios da paternidade atual.
Compre já o seu ingresso!

Cabelo em ovo?

Pergunta: “Caro Dr. Love, eu namoro há 10 meses, e amo minha namorada. Mas de uns tempos pra cá acho que estou sendo enganado, não sei se traído, mas acho que ela está me escondendo alguma coisa.

Explico melhor... Há algumas semanas ela está envolvida em várias atividades, atividades essas que consomem muito tempo. Até aí tudo bem, mas sinto que às vezes ela não me dá atenção, muitas vezes priorizando essas atividades.

Eu confio muito nela mas às vezes fico desconfiado, porque quando completamos 3 meses de namoro ela me disse que tinha sentido vontade de ficar com outros caras no começo do namoro, mas não tinha ficado porque me respeitava e sentia que se fizesse alguma coisa errada iria me perder. Ela me disse que depois dos 3 meses isso não passava mais pela cabeça dela, e tudo que ela queria era ficar comigo e que já não conseguia imaginar a vida dela sem mim. Me falou isso sem eu ter perguntado nada, foi uma coisa natural, como se ela estivesse se declarando pra mim.

O problema é que tem dias em que ela me trata superbem, me enche de atenção, mas há outros dias que acho que ela esquece que eu existo e isso acontece em um intervalo menor do que crises de TPM.

Fui o primeiro cara da vida dela e quando estamos juntos é um fogo sem fim! Mesmo quando não transamos, ela sempre dá um jeito de inventar uma brincadeira, e muitas vezes ela que toma a iniciativa.

Fico com uma dúvida enorme, pois no meu relacionamento anterior fui traído, e muitas vezes fico tentando comparar os sinais que recebo dela com os que recebia da minha ex.

Na maioria dos dias é maravilhoso estar com ela, mas há dias que sinto ela muito fria.

Será que eu estou procurando cabelo em ovo?”

- Caçador de Ovos

Caro CO,

você tem mais tempo livre do que deveria. Infelizmente gastou todo sua disponilidade numa cirurgia de mudança de sexo. Seguem os sintomas:

cabelo-ovo
Cabelo? Imagina.

1. Desenvolveu achismos femininos.

Evidência:Mas de uns tempos pra cá acho que estou sendo enganado, não sei se traído, mas acho que ela está me escondendo alguma coisa.

2. Reclama que não tem atenção suficiente, que ela trocou a trepada de Quarta-Feira pelo Tai-Chi-Chuan com as amigas.

Evidência: Até aí tudo bem, mas sinto que às vezes ela não me dá atenção, muitas vezes priorizando essas atividades.

3. Indecisão com as próprias palavras.

Evidência:Eu confio muito nela, mas às vezes fico desconfiado,

4. Desenvolveu cegueira. Ela não está se declarando, está afirmando que tem uma senhora pulsão sexual e que você pode ser agraciado com um par de galhas futuramente. Ela criou uma imagem mental contraditória, com traições e juras de paixão. Soa como como uma declaração de amor. Na verdade é uma excelente forma de manipular, criar dúvida e aumentar a atração que você sente por ela sem que se dê conta disso.

Evidência:porque quando completamos 3 meses de namoro ela me disse que tinha sentido vontade de ficar com outros caras no começo do namoro, mas não tinha ficado porque me respeitava e sentia que se fizesse alguma coisa errada iria me perder. Ela me disse que depois dos 3 meses isso não passava mais pela cabeça dela, e tudo que ela queria era ficar comigo e que já não conseguia imaginar a vida dela sem mim.

--

Além da vagina recém adquirida, há o problema de que sua namorada tem talento especial para o jogo.


  • Ela alterna momentos em que é super carinhosa com dias de indiferença.

  • Cuida da própria vida, mantém um círculo social ativo e não dependente do parceiro.

  • Criativa, sempre se diverte sexualmente com você, mesmo quando não podem fazer o sexo completo.

  • Toma a iniciativa sem frescuras.

--

Caçador de Ovos. Caros leitores. Com as evidências à mesa, me respondam, quem lidera esse relacionamento?

Ela.

É justamente esse o problema. Sua mulher tomou as rédeas, ela pode ou não estar te traindo, mas isso não importa. A paranóia vai apenas te devorar por dentro, torná-lo um sujeito chato, ciumento, ansioso, com atitudes que vão levar à própria cornitude.

Assuma sua postura de homem nesse namoro. Arranje as suas próprias atividades. Quando ela estiver fria com você, apenas dê um belo beijo, se despeça e diga que precisa cuidar de X, Y, Z. Não porque está inventando, mas sim porque de fato tem coisas mais produtivas a fazer do que dispender de seu precioso tempo aguardando migalhas de atenção e carinho de sua musa.

Coloque-a na sua realidade ao invés de habitar passivamente o mundo criado por ela.

Dr. Love, consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas


publicado em 15 de Maio de 2009, 14:25
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura