Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Caindo de boca na lata

A lata de alumínio foi feita para ser bebida direto. Usar canudinho é anti-higiênico e usar copo esquenta.

Pense comigo, a lata fica protegida por quilos e mais quilos de plástico e papelão ate o momento de ser consumida. Quem garante a qualidade do conteúdo e da embalagem geralmente é uma multinacional (Ambev ou Femsa).

Já o canudo de plástico é fabricado por algum tabajara de fundo de quinta qualquer, talvez usando material mal reciclado e fica exposto no balcão durante meses, talvez anos.

latinha-cerveja
Higiênica, segura e confiável. A latinha é uma invenção gloriosa.

E o copo é uma historia diferente. Afinal, quem garante que ele foi bem lavado? E que não possui traços de detergente - o que fatalmente arruinaria a cerveja.

Vale lembrar que a lata de 350 ml contém o volume de álcool equivalente a uma dose de uísque ou de uma taça de vinho, portanto bebê-la de forma fracionada em um copo pode, além de esquentar a cerveja, arruinar todas as tabelas nutricionais existentes. E não queremos isso, certo?

canudinho

Mulherzinha.

Dizem que beber da lata transmite leptospirose. Mentira. Ao beber da lata se evita esses problemas seríssimos:

- ficar com cara de Vera Verão ao chupar o canudinho;
- esquentar sua bebida em um copo de higiene duvidosa;
- provocar a perda de CO2 da bebida deixando-a mais "choca"

Para concluir, um exercício de semiótica. Se o canudo, por ser cilíndrico, remete a um falo, o que vem a sua cabeça ao ver uma lata de tampa aberta?

O Bender é o rei da cerveja, e escreve diariamente no grande Bender Blog. Vai lá conhecer.


publicado em 24 de Novembro de 2007, 12:15
11143499 10152850853642066 223295243028169436 n

Daniel Bender

Jornalista, Diretor de E-commerce e Caçador de Descontos no 1001 Cupom de Descontos. Sempre disponível para conversar no boteco.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura