Acabamos de lançar um novo livro-ferramenta, o "Como Conversar Com Homens Sobre Violência Contra As Mulheres?" ! O download é gratuito, vem ver como ficou.

Camiseta, camisa polo, camisa social etc.: um guia para nunca mais errar

Preparei uma listinha prática com todos os tipos, do mais casual para o mais formal.

Eu sou o Rodolfo Kanematsu (@gurudoestilo nas redes sociais), consultor de estilo e imagem. Se você ainda não decorou meu nome, é porque ainda não maratonou o “Mas você vai de chinelo?”, nosso curso de estilo feito em parceria com o PapodeHomem.

As 20 videoaulas já estão no ar, com dicas e reflexões para quem está disposto a se transformar por fora e por dentro. Além do conteúdo completo, que vai direto ao ponto, de vez em quando apareço por aqui também.

Hoje o papo é sobre camisetas, camisas e afins. Minha missão é falar de tipo por tipo, para que você não tenha mais dúvida na hora de escolher qual tem mais a ver com seu estilo e com a ocasião em que você vai usar.

Além de dicas de combinações, eu vou falar sobre ajustes ideais. Para uma roupa cair perfeitamente no seu corpo, eu sempre recomendo que você preste atenção em algumas medidas na hora de comprar, ou separe um dinheirinho para levá-la a um costureiro ou costureira antes de usar.

Preparei uma listinha prática com todos os tipos, do mais casual para o mais formal. Vamo começar?

Camiseta de manga curta

A camiseta é o item mais comum no guarda-roupa masculino aqui no Brasil. Independente do lugar onde você mora, é só sair na rua e ver todo mundo usando - da criança ao idoso. Tem um motivo: poucas peças de roupa são tão versáteis e práticas.

Ajuste perfeito: Na “altura”, ou comprimento, sua camiseta deve chegar até o bolso da calça/bermuda, passando pelo cinto. Na largura, puxe o tecido na parte lateral do seu tórax: o ideal é que tenha uns dedos de pano sobrando de cada lado. Nas mangas, tente evitar sobrar muito tecido formando aquelas pontas para fora. A camiseta perfeita vai descer seguindo a silhueta do seu braço. O comprimento da manga vai do seu gosto. Mas, quanto mais curta, mais feminina é a peça. E lembre-se: ajustado não é apertado.

Ideal para: eventos mais casuais. Não quer dizer que não possa usar em outras ocasiões - a camiseta é um item bastante curinga e permite combinações inteligentes. Só não se esqueça que, quanto mais estampada a camiseta for, mais casual ela é.

Combina com: tudo! Pode usar com jeans, sarja, shorts, bermuda, tênis, bota e chinelo.

Camiseta de manga longa

Uma variação da camiseta manga curta, a manga longa deve ser encarada no mesmo nível de informalidade da sua irmã, mas fica adequada num ambiente um pouquinho mais frio, por motivos óbvios.

Ajuste perfeito: No comprimento, a medida correta é a mesma da camiseta, até o bolso da calça. Na largura também: uns dois dedos sobrando de tecido de cada lado do tórax é perfeito. Nas mangas, o comprimento ideal é até a junção do pulso com a mão.

Ideal para: eventos casuais. É melhor usá-la em dias um pouco mais frios, ou com muito vento.

Combina com: quase tudo: jeans, sarja, shorts, bermuda, tênis, bota.

Camisa com “gola padre”

A camisa gola padre faz uma alusão às roupas que os religiosos católicos usam. Como ainda não é um item tão comum no vestuário masculino, é uma boa pedida para quem quer se diferenciar.

Ajuste perfeito: A camisa vai até o bolso da calça. Na largura, dois dedos sobrando de cada lado. Nas mangas, se a camisa for de manga curta, o ideal é que esteja ajustada sem apertar seu bíceps. Se for de manga comprida, até o ossinho do pulso. Pode decorar essas regras, porque elas vão se repetir várias vezes ao longo desse texto.

Ideal para: eventos durante o dia ou em dia quentes, já que o charme dela é usar com alguns botões abertos.

Combina com: tudo. Essa peça também é bastante versátil. Use com jeans, sarja, shorts, bermuda, tênis, bota e chinelo. Lembre-se que você já vai chamar mais atenção por causa da gola. Busque um equilíbrio nas outras peças e evite muitas estampas ou cores vivas, a menos que seu objetivo seja mesmo ser o centro das atenções.

Camisa polo

A camisa polo foi criada na década de 1920, e era utilizada pelos jogadores de pólo, daí o nome. Por muito tempo, foi vista como um “uniforme de tiozão”. Mas, se você souber escolher uma que tenha a ver com sua personalidade e que esteja adequada ao seu corpo, pode usar! Há vários modelos interessantes e mais minimalistas.

Ajuste perfeito: O comprimento ideal, você já sabe, é até o bolso da calça. Na largura, dois dedos sobrando de cada lado. Nas mangas, use ajustada sem apertar seu bíceps.

Ideal para: qualquer situação casual. Ela mantém a elegância de dia ou de noite e serve para um almoço com os amigos, para reuniões de trabalho menos formais, e para o happy hour. Se a sua empresa é um pouco mais careta para vestimentas, abuse da polo sem medo de errar.

Combina com: calça jeans ou de sarja. O uso com uma bermuda de sarja está ok, mas cuidado para não ficar muito coxinha (fuja do sapatênis, por exemplo). Prefira combinar com um tênis casual e uma bota estilo “desert boot”.

Camisa de manga curta

A camisa de manga curta é a prima casual da camisa de manga longa. De uns anos para cá, entraram na moda as camisas mais estampadas, com listras, florais e outras padronagens. 

Ajuste perfeito: Comprimento até o bolso da calça, se for usar por fora. Na largura, dois dedos sobrando de cada lado. Nas mangas, use ajustada sem apertar muito seu braço.

Ideal para: as mesmas ocasiões da camisa polo. As estampadas têm mais personalidade. Tenha certeza de que o desenho ou o padrão tenha a ver com o seu estilo e combine com a imagem mais descolada que você quer passar.

Combina com: tudo: jeans, sarja, shorts, bermuda, tênis, bota e chinelo.

Camisa de manga longa

Agora a coisa fica um pouco mais complexa. Vamos ver por quê. Já adianto que uma camisa branca não pode faltar no guarda roupa do homem moderno. A camisa é amplamente utilizada em ambientes de trabalho que exigem uma pequena formalidade, até em escritórios onde todos utilizam costume e gravata. Mas camisa de manga longa não é necessariamente um traje social, ok?

Ajuste perfeito: Se for usar por fora, ela pode ir até o bolso da calça. Se for utilizar por dentro, ela precisa ser comprida o suficiente para não ficar saindo da calça quando você se movimentar. Na largura, é a mesma história: dois dedos sobrando de cada lado. É bom que as mangas estejam ajustadas, sem ficar aquele tecido sobrando, e nem ficar marcando demais seus músculos.

Ideal para: depende da camisa. Há, entre elas, as mais casuais e as mais formais. Tem alguns truques para você distinguir uma da outra. Se tiver um bolso, ela é mais casual e não deve ser utilizada com gravata. Se a gola for mais “molinha” e desestruturada, sem espaço para encaixar a barbatana (aquelas peças de plástico que mantêm o colarinho firme), isso quer dizer que você está diante de uma camisa mais informal.

As camisas mais casuais, que normalmente são utilizadas por fora da calça e têm algum tipo de padronagem, combinam melhor com jeans e sarjas. Nos pés, mantenha a mesma informalidade: tênis casuais, sapatos de camurça e botas.

Já as camisas sociais têm espaço para a barbatana e normalmente são mais compridas para serem utilizadas por dentro da calça. Essas combinam com sarjas mais sofisticadas e calças de alfaiataria. Nos pés, pense em usar sapatos mais “chiques”, tipo aqueles de couro, e botas mais lustradas, para manter o tom formal.

Somos bem sortudos, porque as variações climáticas que acontecem durante o ano aqui no Brasil permitem que você utilize diversos tipos de peças. O segredo é manter no seu guarda-roupa aquelas que estão ajustadas e que combinam com sua personalidade. 

Se você estiver mais interessado em saber mais sobre esse universo das combinações, me visita no masvocevaidechinelo.com.br. Lá tem vinte aulas super interessantes, rápidas e completamente gratuitas. Tenho certeza que você aprenderá alguma coisa!


publicado em 18 de Dezembro de 2019, 00:05
Guru 1 jpg

Rodolfo Kanematsu

Publicitário de formação e apaixonado pelo mundo da moda, dá informações sobre estilo, dicas de combinações e tendências pelo Instagram e acumula experiência como consultor de imagem pessoal. É apresentador das videoaulas do "Mas você vai de chinelo?", o curso de estilo gratuito do PapodeHomem.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura