Cantadas de Blogueiros ou Como se dar bem no BarCamp

O Rafael Ziggy cruzou a bola nos enviando essa dica sensacional e nós da PdH estamos chutando no ângulo divulgando pra todo se preparar e mostrar do que são feitos os blogueiros.

O autor dessa pérola é o dono do blog GuraveHaato desu ka. Não encontrei o nome dele por lá, então fica o mistério. Bom, os curiosos vão visitar.

O importante é ler, imprimir e treinar exaustivamente as táticas expostas no manual abaixo. Mas cuidado, o material é perigoso.

Manual de cantadas para se dar bem nos BlogCamps

barcamp-rio
É aqui onde toda a ação vai acontecer

- No mecanismo de busca de mamãe, você é a primeira na procura por ‘nora’;

- Se beleza desse PR (Page Rank), o seu já seria 10;

- Quer ir lá em casa ver minha coleção de feeds?

- Eu já não te linkei antes?

- Trocaria todos os pingbacks do mundo por um sorriso seu;

- Te dou domínio, hospedagem, e suporte. Topas?

- No meu blog ou no seu?

- Querida, você é única no blogroll do meu coração;

- Eu, você, uma câmera…. tá a fim de criar um hype?

- Meu Deus, você é boa de SEO, hein? Eu entrei na sala e reparei em você logo de cara!

- Quer ver uma coisa que cresce mais que o meu ranking no BlogBlogs?

- Sabia que o tamanho do PR é diretamente proporcional ao tamanho do p…? (PS: Garanta que seu PR seja no mínimo 5 antes de tentar essa);

- E aí, quer trocar links? E fluídos corporais, quer?

- De todos os pára-quedistas, você é a única que pousou direto em meu coração;

 -Desde o primeiro momento que te vi, todos os meus pensamentos por você tinham nofollow;

Bônus - Mulheres, há espaço para vocês também. Copiem Marylin Monroe e digam “hmmm… isso no seu bolso é um PDA para atualizar o blog, ou você só está feliz em me ver?

O próximo Barcamp é no Rio, dia 21. E depois tem o BlogCamp BH nos dias 17 e 18 de Novembro.


publicado em 11 de Outubro de 2007, 15:16
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura