Carolina Dieckmann sofreu um furto e você está consumindo o produto do crime

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Digamos que uma pessoa foi vítima de um crime particularmente nojento.

Você...

... aceitaria lucrar com a tragédia do outro?

... iria lá criticar a vítima por ter se deixado vitimar?

Carolina Dieckmann teve seu computador invadido. Sofreu chantagem. Não cedeu. Tentou dar um flagrante no bandido. Falhou. As fotos ganharam o mundo.

Não é possível que só ela e eu estamos espantados com o desenrolar disso tudo

Tem gente agora criticando a atriz.... por ter "dado mole", por ter tirado as fotos, por ser tão gostosa, etc etc. Mas, qual é a diferença entre essas pessoas e os canalhas que criticam a saia curta de uma vítima de estupro? O culpado pelo estupro não é saia, é quem escolhe estuprar.

Se o seu amigo tivesse deixado a porta de casa aberta e um ladrão furtasse todas as suas coisas, você iria lá sacanear?

"Rárá, quem mandou ser distraído! Agora perdeu tudo!"

Então, por que está criticando a atriz? Qual é a diferença?

Tenho uma novidade pra você: furto é furto, com a porta aberta ou fechada. O dono de uma casa esquecer a porta aberta não é licença nem atenuante para o furto de sua propriedade.

Pior, tem gente passando e repassando as fotos. Você viu? Eu recebi, mas não vi.

Sabe por que não? Pelo mesmo motivo que não compraria bens receptados.

Porque eu posso nem saber quem foi a vítima, mas sei que aquele objeto foi roubado de alguém que talvez tenha sido agredido ou mesmo morto. Um objeto roubado está sempre sujo de sangue - talvez até literalmente. O anel barato que você comprou para sua noiva pode ter saído dos dedos mortos de uma velhinha num beco. E aí? Justifica? Vale a pena a pechincha?

Um mínimo de ética, um pudor primordial, uma empatia básica pela vítima simplesmente me impede de usufruir do fruto de um crime, de me aproveitar da desgraça de outra pessoa.

Não conheço Carolina Dieckmann . Não acompanho sua carreira. Não tenho simpatia por ela. Mas teria vergonha de ver essas fotos. Não compraria o anel sujo de sangue.

E você?


publicado em 09 de Maio de 2012, 07:00
File

Alex Castro

alex castro é. por enquanto. em breve, nem isso. // esse é um texto de ficção. // veja minha vídeo-biografia, me siga no facebook, assine minha newsletter.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: