Mais um marmanjo tomando baile

Namorei 1 ano, eu tinha 20 anos e ela 15, terminei e agora quero voltar, porque descobri que amo muito ela e gosto muito de sua familia também.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Pergunta: "Dr. Love,

namorei 1 ano, eu tinha 20 anos e ela 15, terminei e agora quero voltar, porque descobri que amo muito ela e gosto muito de sua familia também, não tivemos relação sexual, mas às vezes o clima esquentava, "coisas comuns".

O pior é que ela alega que gosta muito de mim, mas que no momento gostaria de aproveitar sua juventude e eu não vou conseguir vê-la com outros rapazes.

Gostaria de saber o que posso fazer para reconquistá-la com eficácia??? Ela gosta muito de conversar em msn e orkut com amigos e isso me deixa irritado... será que devo parar de visualizar esses meios???

Obrigado!!!"

- Marcelo

Caro Marcelo,

a resposta curta, que vai te poupar muitos porres ao lado do garçom: arranje uma melhor.

A resposta longa, para os desocupados que estão com tempo livre no trabalho em plena Segunda-feira

brincadeira
Vamos brincar de um jogo. É assim. Você se fode e eu fico por cima.

"porque descobri que amo muito ela e gosto muito de sua familia também"

Toda vez que leio "porque descobri que amo muito ela" meu aparelho digestivo tem espamos involuntários. Essa deve ser a merda mais escrita/falada por namorado(a)s imaturos que ficam na seca e não conseguem arranjar algo melhor após dar/levar um pé na bunda. Deprimente.

"gosto muito de sua família também"

Eu gosto de alface no almoço. E daí?

A família dela apenas torcia para você não ser um tarado com predileção por zoofilia. Ela tinha *15* anos. O término era esperado. Pode ter certeza que não vai encontrar um pôster com seu nome na casa dela quando voltar.

"não tivemos relação sexual, mas às vezes o clima esquentava, "coisas comuns""

Putaqueopariu. Santa incompetência.

Marcelo, garotas de 15 anos são como pequenos cavalinhos que acabaram de sair no pasto, sem saber direito para onde correr. Ou você é muito bom de cela, ou vai voar longe no primeiro coice.

Ela precisava de um sujeito que soubesse pelo menos para onde apontava o nariz.

É a cena clássica, adolescentezinhas dando baile nos marmanjos barbudos. Seu melhor consolo é que não é o primeiro e não será o último.

"O pior é que ela alega que gosta muito de mim, mas que no momento gostaria de aproveitar sua juventude e eu não vou conseguir vê-la com outros rapazes."

Tradução: ela quer beijar outros, quer dar pra outros - coisa que você foi inepto o bastante para não conseguir -, e quer fazer isso com uma frequência socialmente questionável. É melhor que você não esteja por perto pra assistir.

"Ela gosta muito de conversar em msn e orkut com amigos e isso me deixa irritado..."

É lógico que ela gosta. É lá que ela agenda com qual mancebo vai sair no fim de semana.

"será que devo parar de visualizar esses meios???"

Você anda sonhando acordado com orkut e msn?

"Gostaria de saber o que posso fazer para reconquistá-la com eficácia???"

Aprenda a se dar o devido respeito.

Não se "volta" com uma ex, não da maneira como você está pensando. O relacionamento de vocês funciona ou não. Voltar, em 89% dos casos, é uma tentativa patética de resgatar o que já não está mais lá há tempos, por n razões diferentes.

O melhor jeito de se reencontrar com uma mulher que ainda deseja é se tornar um homem melhor.

As mulheres têm uma característica muito peculiar. Por melhor namorado que você seja, quando corre atrás delas, elas insistem em fingir que você não existe, como se fosse um tipo lunático que está ligando pra pessoa errada repetidamente e insiste que a conhece de algum lugar.

Sabe por quê? Porque você está correndo atrás dela. Só. Se a mulher precisa olhar pra trás para saber onde você está, meu amigo, game over.

Siga em frente, seu próprio caminho. Prossiga com sua história, quem sabe vocês se encontram em um capítulo mais à frente, depois da curva, sei lá.

Engatar a ré não vai te levar a lugar nenhum.

ps: alguém mais acha que o Marcelo na verdade é o Boça?

Dr. Love, espalhando amor pelo mundo


publicado em 17 de Dezembro de 2007, 13:37
92e8d9697a8dd2faf3d0bc4f9d3a08fc?s=130

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: