(Comercial de) cerveja boa e ruim

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Tenho uma dúvida bem pertinente e até preferi sanar a questão aqui com vocês do que com o pessoal do QG. Não por falta de confiança, pelo contrário, mas justamente por esse excesso de amizade que me faz procurar outras fontes para desenrolar esse nó que deu:

Eu sou um rapaz que não bebe. Não sou religioso e nem meninão, só não bebo pelo simples fato de não beber. Sem mais delongas, já não é de hoje que eu percebo que as propagandas de cerveja não são pra mim. Não me vejo como público alvo desses comerciais de caranguejinho fazendo "nananá", não me vejo como parte integrante de um grupo que fica falando coisas com "ão" e certamente não vejo graça alguma em ver índias chegando num churrasco por conta do "sinal de fumaça".

Link YouTube | Acho que todo mundo sacou que, aqui, o cara que bebe a breja anunciada é tão Zé Ruela quanto os que estavam bebendo a cerveja diferente quando apareceram os bombeiros, certo?

Quando vejo uma associação boba dessas com a persona de quem bebe cerveja, me sinto quase que ofendido por todos os que gostam de uma gelada. Nem quero colocar análises de comunicação, publicidade ou marketing nessa conversa toda porque isso, convenhamos, tornaria tudo mais chato.

Queria saber, com toda a sinceridade de vossos corações, como vocês veem esse tipo de propaganda. Elas passam batido, causam essa angústia que em mim causam ou eu que estou viajando longe quando, obviamente, essa é a realidade dos bebedores de suco de cevada?

O questionamento aparece num momento interessante em que vi duas outras propagandas, ambas também de cerveja, que fizeram os segundos valerem a pena.

Link YouTube | "Mas louco é quem me diz". Feliz é que vê uma propaganda linda como essa

Um fala da paixão pelo futebol e associa a cerveja ao ato de torcer apaixonadamente (novamente, já que desassociamos o papo aos amantes de Kotler e cia, quero também tirar da reta as especulações éticas e morais da coisa toda) enquanto a outra compara uma deliciosa cerveja recém tirada de modo perfeito a uma linda ruiva que chega elegantemente em um pub depois daquele ritual de toda mulher em se arrumar também com perfeição para um encontro.

Link YouTube | Me desculpem os mais sacaninhas, mas essa charmosa é muito mais sexy que todas as molecas de biquini daqueles comerciais "engraçadinhos"

Agora, com todas as cartas na mesa, volto a perguntar a todos: Qual é a de vocês com os comerciais de cerveja? Como que eles atingem cada um de vocês?

Façam um belo favor a esse editor confuso. Coloquem as impressões nos comentários aqui de baixo pra gente poder discutir e chegar a alguma boa conclusão. Melhor seria se tal convite fosse feito na mesa do bar, com o líquido dourado em questão sendo servido, mas, perdoem-me os de tempo livre, não tenho como bancar toda a logística.

 


publicado em 05 de Janeiro de 2012, 08:10
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e colunista do Papo de Homem. Escreve, a cada quinze dias, a coluna Do Amor. Tem dois livros publicados, o livro Do Amor e o Ela Prefere as Uvas Verdes, além de escrever histórias de verdade no Cartas de Amor, em que ele escreve um conto exclusivo pra você.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: