Como ajudar moradores em situação de rua neste frio?

O frio está de rachar pra mim e pra você que estamos em casa, imagina pra quem mora na rua.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Ninguém nega que está fazendo frio pra cacete no sul e no sudeste do Brasil. Florianópolis registrou a temperatura mais baixa para o mês de junho em 115 anos. São Paulo registrou 0ºC, a mais baixa em 12 anos. Já Urupema (SC) registrou a temperatura mais baixa do país, também na madrugada desta terça-feira (13) com termômetros apontando -8,5ºC, o que deve quebrar alguns recordes – se você é curioso mesmo, pode encontrar a lista de temperaturas mais baixas registradas nesse ano no Brasil.

Agora, falar que está frio no twitter de baixo de três cobertores, com um chocolate quente ao alcance das mãos e o aquecedor novo ligado no talo é fácil. Difícil é encontrar forças para topar sair na rua. Mais difícil ainda é ver que existem pessoas que estão na rua enfrentando esse frio todo o tempo inteiro.

Segundo as informações apuradas por quem está acompanhando a situação de perto, já foram registradas cinco mortes de moradores em situação de rua em decorrência do frio apenas na cidade de São Paulo.

Nailson Paulo Batista, 51 anos, morreu ontem (13) na rua Amazonas, Bom Retiro, região central. Além dele, João Carlos Rodrigues, 55 anos, foi encontrado morto numa das rampas de acesso da estação de metrô Belém, e Adilson Justino, idade desconhecida, encontrado pela Polícia Militar, na calçada da Avenida Paulista. As outras duas vítimas, um homem próximo ao metrô Santana, na zona norte, e uma mulher, perto do Terminal Rodoviário do Tietê, também na zona norte, ainda não foram identificadas.

Em resposta automática ao frio, a prefeitura de São Paulo ativa a Operação Baixas Temperaturas sempre que a cidade registra temperaturas abaixo dos 13ºC, o que nesse ano aconteceu em 16 de maio. Com a operação, a abordagem dos agentes municipais é intensificada e estes procuram encaminhar os moradores em situação de rua para 79 abrigos protegidos do frio que têm as vagas ampliadas de 10 mil para 11.500 nesse período. Nesses locais, os moradores têm acesso a camas, cobertores, travesseiros, banho, alimentação e kits de higiene pessoal. Segundo a própria prefeitura, apenas neste período já foram realizados mais de 240 mil acolhimentos. No ano passado inteiro, o número ficou perto de 1 milhão. 

Mas estima-se que em São Paulo existam cerca de 16 mil moradores nessa condição e, portanto, apenas a atuação da prefeitura não é suficiente. Por esse motivo, diversas ONGs surgiram nos últimos anos com a intenção de ajudar.

Das iniciativas mais despretensiosas até as organizações mais conhecidas, listamos algumas que eu e você podemos ajudar de alguma forma aqui em São Paulo e contamos com a participação de vocês nos comentários para fazer o mesmo em outras cidades e estados. Colabore conosco.

Ajude uma dessas instituições

1. Anjos da Rua

O que é? ONG inter-religiosa que existe desde 1989 e distribui alimentos, roupas, agasalhos, calçados e cobertores. Distribui em média 800 refeições por sábado.

Como ajudar? Fazendo doações de cobertores, alimentos (leite longa vida integral, achocolatado, pão francês e frios já fatiados) ou em dinheiro.

Endereço? Rua José Teixeira da Silva, 15 - Parque das Paineiras.

Doação bancária?

  • Nome: Núcleo Assistencial Anjos da Noite;
  • CNPJ: 67.637.231/0001-8;
  • Banco: Banco do Brasil;
  • Agência: 1812-0;
  • Conta Corrente: 940709-X;

2. ARCAH (Associação de Resgate à Cidadania por Amor à Humanidade)

O que é? Com o conceito de "permacultura", "uma maneira de organizar a vida, de pensar, de ser e de agir". A Casa Alvorada abriga moradores de rua e faz projetos autossustentáveis na área rural. Fundada em 2012, tem programas de desintoxicação, reabilitação, educação, capacitação profissional e integração ao mercado de trabalho a partir de fazendas autossustentáveis

Como ajudar? Fazendo doações de agasalhos ou em dinheiro.

Endereços? Rua Francisco Dias Velho, 1008 - Vila Cordeiro. 

Doação bancária? Doações por cartão de crédito através deste link ou depósitos em conta corrente.

  • Nome: Associação de Resgate à Cidadania por Amor à Humanidade;
  • Banco: Santander;
  • Agência: 3409;
  • Conta Corrente: 13008331-7;
  • CNPJ: 19.903.978/0001-91;

3. Campanha do Agasalho do Governo do Estado

Link Youtube

O que é? Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), que recebe doações durante todo o ano em sua sede em Jaguaré, na zona oeste e durante dois meses em 641 postos de todo o Estado de São Paulo. Os pontos podem ser delegacias, escolas e diversos outros órgãos, além de empresas e comércios parceiros.

Como ajudar? Fazendo doação de agasalhos.

Endereço? Você pode conferir o ponto de coleta mais perto da sua casa através deste link.

Doação bancária? Não são realizadas doações em dinheiro. Mas empresas e pessoas podem ser parceiras e abrir postos de coleta preenchendo cadastro neste link.

4. Cristolândia

O que é? Promovido pelas Igrejas Batistas, abre as portas de terça a domingo a moradores de rua da região da cracolândia e oferece café da manhã, banho, almoço e roupas doadas.

Como ajudar? Fazendo doação de agasalhos e cobertores.

Endereço? Alameda Barão de Piracicaba, 509 - Centro ou qualquer igrejas batistas.

Doação bancária? É necessário fazer um cadastro neste link, marcando campos de "dependência química" e "Cristolândia".

5. Cruz Vermelha

O que é? A filial estadual da ONG realiza campanha de arrecadação de agasalhos há cinco anos. Equipe de triagem separa peças novas e em bom estado e descarta as impróprias para uso (sujas ou rasgadas). São preparados kits personalizados para cada beneficiado, com calça, camiseta e blusa. No ano passado, a campanha atendeu mais de 6 mil pessoas. A meta para 2016 é de 1,5 mil famílias beneficiadas, ou 10 mil pessoas, em regiões como Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia e Paraisópolis.

Como ajudar? Fazendo doações de agasalhos.

Endereço? Você pode doar na sede da filial na Avenida Moreira Guimarães, 699 – Indianópolis (próximo ao aeroporto de Congonhas), de segunda a sexta, das 8h às 18h, ou conferir o ponto de coleta mais perto da sua casa através deste link.

Doação bancária? Doações financeiras para manter projetos sociais da ONG podem ser feitas neste link.

6. Exército da Salvação

O que é? A filial brasileira da ONG britânica de 151 anos de existência que pretende arrecadar 40 toneladas de roupa em campanha até 31 de julho.

Como ajudar? Fazendo doação de agasalhos ou em dinheiro.

Endereço? Você pode preencher um cadastro e a ONG retira a doação em sua casa ou conferir o ponto de coleta mais perto da sua casa através deste link.

Doação bancária? Doações únicas ou contínuas podem ser feitas por meio deste link.

7. Mãos na Massa

O que é? Jovens se reúnem toda segunda-feira no centro de SP para distribuir macarronada.

Como ajudar? Participando da distribuição ou fazendo doações de alimentos (macarrão, molho de tomate).

Endereço? Rua Boa Vista, 75, Centro.

Doação bancária? Não dispõe.

8. Missão Cena

O que é? Missão cristã interdenominacional que atende a população em situação de rua, crianças em situação de risco, travestis, garotas de programa, albergados (no inverno), também na região da cracolândia. Mantém um albergue que recebe entre 40 e 50 moradores de rua, com alimento.

Como ajudar? Ajudando nos trabalhos do albergue, doando roupas, cobertores e comida ou doando.

Endereço? Rua General Couto de Magalhães, 280, Santa Ifigênia.

Doação bancária? Por meio do PagSeguro, neste link ou

  • Nome: Missão Cena;
  • CNPJ: 66.661.398/0001-15;
  • Banco: Bradesco;
  • Agência: 0478-2;
  • Conta Corrente: 37676-0;

9. Pastoral do Povo de Rua

O que é? Junto à Arquidiocese de São Paulo, da Igreja Católica, recebe agasalhos, cobertores e roupas em bom estado em igrejas. Também mantém um centro de atendimento a refugiados. Colabora também com informações sobre moradores de rua mortos com o frio.

Como ajudar? Fazendo doações de agasalhos ou objetos de higiene pessoal (sabonetes, escova de dente, pasta de dente, xampu e gilete de barbear).

Endereços? O Centro para refugiados fica na Rua Major Diogo, 834 - Bela Vista, e na Rua Taquaria, 1100 - Mooca. As paróquias que recebem doações podem ser encontradas neste link.

Doação bancária? Não oferece.

10. Rede Rua

Link Youtube

O que é? ONG que há mais de 25 anos trabalha com população de rua. Oferece 500 refeições diárias e disponibiliza o Albergue Pousada da Esperança, que acolhe e alimenta 150 pessoas. Possui ainda trabalho de comunicação alternativa com enfoque social, como a Revista Ocas.

Como ajudar? Fazendo doações de agasalhos ou em dinheiro.

Endereço? Rua Sampaio Moreira, 110 - Casa 9, Brás. (11) 3227-8683; 3311-6642.

Doação bancária?

  • Nome: Associação Rede Rua;
  • CNPJ: 03.221.537.0001 – 70;
  • Banco: Itaú - 341;
  • Agência: 0187;
  • Conta Corrente: 37794-0;

11. Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras)

O que é? Coordenado pelos Frades Franciscanos (OFM), atende crianças e adolescentes, pessoas em situação de rua, catadores de materiais recicláveis, idosos, pessoas vivendo com HIV e imigrantes.

Como ajudar? Fazendo doação de agasalhos, alimentos, produtos de limpeza ou em dinheiro.

Endereço? Rua Hanemann - Pari. Telefone: (11) 3291-4433. E-mail: captacao.sefras@franciscanos.org.br.

Doação bancária?

  • Nome: Serviço Franciscano de Solidariedade;
  • CNPJ: 11861.086/0001-63;
  • Banco: Bradesco;
  • Agência: 0106-6;
  • Conta Corrente: 134517-6;

ou

  • Banco: Santander;
  • Agência: 0331;
  • Conta Corrente: 13003201-5;

publicado em 14 de Junho de 2016, 19:52
Breno franca jpg

Breno França

Editor do PapodeHomem, é formado em jornalismo pela ECA-USP onde administrou a Jornalismo Júnior, organizou campeonatos da ECAtlética e presidiu o JUCA. Siga ele no Facebook e comente Brenão.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: