A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Como aumentar a diversão do seu domingo futebolístico

O domingo paulistano foi cinzento e frio, perfeito para ficar em casa debaixo da coberta vendo filme e comendo pipoca. Ah, aproveita e põe logo o chinelinho de pelo se você concordou com isso!

Para alguns membros da comunidade saco-roxo, o domingo teve um toque adicional de adrenalina. Além do encontro presencial com a tropa do PdH no Artilheiros Bar, havia uma nova emoção pra ver o tradicional futebol de domingo à tarde: acompanhar o futebol com apostas feitas.

Antes de conhecer a Betboo, patrocinadora do encontro, jamais havia feito qualquer tipo de aposta esportiva e foi muito válido saber que, além de ser legalizado, tem o Betboo.net onde você tem um crédito fictício pra ir treinando e pegando a manha. Aí fica fácil. Então lá fui eu fazer minhas apostas para a 23ª rodada do Brasileirão.

"Porra, esqueci de avisar os jogadores que minha reputação de apostador está em jogo também."

O jogo que veríamos era São Paulo x Palmeiras, e ainda tinham Fla-Flu, Internacional x Vasco e Grêmio x Avaí como principais jogos da rodada. Aqui já aprendi a primeira lição: aposta não é melhor forma de manifestar sua opinião sobre futebol.

O "segredo" é usar o bom senso, estar atualizado sobre a situação de cada time e ir conhecendo as diversas combinações possíveis de apostas, coisa que o sistema da Betboo ensina rapidinho, já que em cada aposta ele constrói cenários de ganhos. E os caras ainda tem um blog de dicas para ajudar na hora das apostas.

Minhas apostas para os quatro jogos

Internacional e Vasco, aposta de opinião: Vasco, claro! (Hã?). Perdi, óbvio, mas ter um motivo a mais pra secar o Inter fez toda diferença e legitimava a secada. Grêmio x Avaí, outra aposta de opinião: com o Grêmio onde o Grêmio estiver! Aqui me dei bem, apostei no 3x0 para o tricolor e deu na cabeça!

São Paulo e Palmeiras: tentei ser imparcial, acabei tendendo ao Felipão. Azar o meu, o resultado do jogo não foi nem perto do que apostei. Como Fla-Flu é uma realidade muito distante de mim, apostei num humilde empate e assim marquei o segundo gol da minha rodada.

Nem toda aposta se ganha. Ainda bem que há outros sabores na vida...

Apostas feitas, hora de encontrar com bons amigos pra beber, bater papo e, acima de tudo, tirar muito sarro de quem estava perdendo nas apostas conforme iam se alterando os placares. A cada 10 minutos tínhamos de pedir pra aumentar a mesa, pois felizmente várias pessoas apareceram pra dividir o momento com a gente.

Primeiro tempo de 0x0 em quase todos os estádios do país – no Pacaembu não foi diferente. Dois sãopaulinos eram os únicos animados na mesa, apesar do empate. Joguinho xoxo que desinteressava. Mas ainda bem que estávamos num bar rodeados de amigos. O jeito foi ficar bebendo e jogando conversa fora, pois infelizmente a performance dos dois times estava tão ruim que nem quem apostou no empate estava animado.

Chega a hora do intervalo e o que era saco cheio com um jogo pra lá de mediano se transformou em pura alegria.

O decote na tela deixa claro que a rodada de shots se deu no intervalo.

Tequila ou cachaça para um shot coletivo, esse era o dilema. Em virtude da quantidade de convivas à mesa, deliberamos que cachaça teria melhor relação custo-benefício.

E assim o intervalo foi regado à boazinha com os cumprimentos de Betboo. Até este momento todos no mesmo barco em relação às apostas e as expectativas para o segundo tempo eram bem animadoras. Não só pelas apostas, mas sim pra ver um futebol maroto e bem jogado que até então não havia entrado em campo.

Leitor são-paulino se deu bem

Eis que começa o segundo tempo e logo aos nove minutos vem o primeiro balde de água fria: Lucas (ex-Marcelinho) marca o primeiro para o São Paulo. Festa na mesa só para o leitor Rogeres, são-paulino que, obviamente, também fez aposta de opinião. Quando Fernandão marcou o segundo em um contra-ataque matador, acabaram-se as esperanças pra maioria dos integrantes da mesa e a festa do leitor foi dobrada, pois além de apostar na vitória do tricolor paulista o cara acertava o placar.

Daí pra adiante só restou beber mais. O assunto não foi outro senão a emoção de ver a rodada depois de apostar. E também a tiração de sarro de quem, por exemplo, apostou com o coração chegando a acreditar numa improvável vitória do Vasco sobre o campeão das Américas. Reconheci o valor da diversão proporcionada pela aposta. Quando soa o apito, a pupila dilata e o coração dispara, ainda mais sabendo que o maior pontuador de cada rodada ganha um a iPad e um MINI Cooper no final pra quem somou mais pontos durante toda campanha.

Já que ninguém mais tinha esperanças de concorrer ao iPad, o jeito foi continuar o ótimo papo com os leitores.

Essa primeira experiência de apostar na rodada do Brasileirão foi bem foda e ainda existem centenas de outras opções como campeonatos de outras séries, países e outros esportes. Nem a Fórmula 1 será mais a mesma já que é possível apostar por GP e no campeão mundial. Pra quem gosta de esportes, aí está uma ótima oportunidade de se divertir e acirrar a disputa com amigos da torcida adversária pagando só a conta do bar.

Até comecei a me informar mais sobre futebol para apostar mais consciente, afinal não é sempre que pinta um iPad e um MINI tão de barbada. Logo logo começarei a combinar apostas com outros esportes, pois isso aumenta minhas chances de faturar os prêmios e, quem sabe, assim comece a até me interessar por tênis, já que apostando a diversão é garantida.

E vocês, já apostaram por lá? Como foram na rodada do final de semana? Informem aqui nos comentários a quantidade de pontos ganhos na rodada para elegermos o melhor apostador do PapodeHomem.

Abraço, cambada!

Oferecimento: Betboo


publicado em 23 de Setembro de 2010, 09:00
63c64bb52a2d6969065166dcd39cd9b8?s=130

Junior WM

Um grande apreciador de história e histórias. Vive a vida de forma que seja lembrada como honrada e humana. Ama os prazeres da vida e sua família. Escreve sobre passar pelo mundo com dignidade e alegria. Contribui com a revolução digital por acreditar em seu caráter humanitário e num mundo melhor.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura