Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Como desfiar uma bermuda (pra dar aquele gás numa roupa velha)

Pra dar um jeito naquelas suas calças que ficam encalhando no guarda-roupa

Alguns momentos na vida servem como pequenos marcos. Uns, claro, são mais importantes que outros. Dar o primeiro beijo é importante, mas só até você perder a virgindade. Passar no vestibular é incrível, um dos melhores momentos da vida, mas concluir a faculdade é melhor ainda. Tirar a carteira de motorista também costuma ser um marco, mas comprar o primeiro carro dá aquela sensação de realização.

Quando vamos passando por essas diferentes fases, acabamos mudando nossa forma de ver o mundo e também de nos relacionarmos com ele. Sem perceber muito, muda a fala, a postura, o jeito de olhar e, claro, o jeito de se vestir.

Nem sempre é uma medida intencional. 

Você simplesmente olha as coisas ali, no guarda-roupa, e elas não servem mais. Não simbolizam mais o seu momento. 

Ou, claro, você só não as usa.

Eu, por exemplo, vou comprando roupas novas e deixando as antigas de lado. Quando vejo, uso sempre as mesmas e as antigas ficam lá, fazendo volume.

Normalmente, pego essas roupas e doo pra alguém. Elas estão ali, não me servem mais, mas estão em condições de uso. Por que não ajudar alguém?

Se você não quer doar, um outro caminho é customizar. 

Nesse vídeo, o Caio Braz ensina a desfiar uma bermuda a partir de uma calça velha. É um jeito muito simples de dar vida nova a uma roupa que de outro jeito estaria parada criando mofo.

O vídeo está aqui:

Link Youtube


publicado em 27 de Janeiro de 2017, 16:46
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura