Nosso documentário "O silêncio dos homens" bateu 1 milhão de espectadores! Se torne um membro da Jornada PdH e apoie nossas atividades para chegarmos em cada vez mais pessoas. A cada R$10 de apoio, impactamos 500 pessoas.

Como lidar com a falta de energia durante a pandemia?

O sentimento de desânimo tem crescido com o isolamento. Esse exercício pode nos ajudar a reequilibrar nossas energias.

Não sabemos quando a pandemia vai passar e até as melhores hipóteses são desanimadoras.

Quem está em casa consegue estar mais em segurança em relação ao contágio, ao contrário dos tantos trabalhadores essenciais que tem de se arriscar diariamente e ainda vivem o receio de contaminar os familiares.

Das angústias compartilhadas entre os dois grupos, temos o cansaço, as ansiedades, inseguranças financeiras, a falta de trabalho ou o medo de perdê-lo, pressão pela produtividade, educação dos filhos, falta de momentos de descanso e adicione mais o que você sentir que deve estar na lista.

Nem sempre conseguimos ver motivos para nos empolgar com o dia seguinte. É como se vivêssemos sempre o mesmo dia, mas não aquele que queríamos.

Por vezes conseguimos encontrar momentos de felicidade nas coisas simples, mas e quando bate o desanimo não se encontra a menor motivação para as atividades do dia a dia?

O psicólogo Fred Mattos fez um vídeo falando sobre o sentimento de falta de energia durante a pandemia e apresentou uma ferramenta prática para você buscar equilíbrio e conseguir reestabelecer as energias na medida do possível.

Não vamos estar animado ou motivados o tempo todo e esse sentimento de falta de vontade tem motivo de ser diante de todo o contexto que estamos vivendo.

Ao invés de se culpabilizar ou alimentar um sentimento de fracasso diante da falta de energia, podemos tentar entendê-lo e buscar o equilíbrio de um jeito que não paralise nosso dia a dia, mas que também não nos arraste ainda mais para baixo.

Como o Fred fala no vídeo é importante que a gente consiga identificar como está nosso nível de energia para entender como administrá-la considerando também nossa disponibilidade de tempo. 

Então, vamos a ferramenta:

O que fazer diante de acordo com seu tempo e nível de energia:

Diagrama elaborado pelo @FredMattos

Pouco tempo e muita energia:

Essa é a hora de, sabendo das suas prioridades, se concentrar em realizar aquilas que são mais essenciais na sua vida: aquela tarefa essencial do trabalho, a compra que precisa ser feita, o dever de casa com o filho, entre outras.

Muita energia e muito tempo:

Esse é o melhor cenário certo? E ai que a gente pode, não só fazer o essencial e necessário mas também fazer um planejamento para que os dias com menos energia ou tempo sejam menos caóticos. Podemos também exercitar a criatividade, nos ariscando em novas atividades prazerosas, criando projetos para ajudar os outros, etc. 

Pouca energia e pouco tempo

Nestes momentos a recomendação é focar não em gastar, mas em recuperar a energia: tente dormir, relaxar o corpo e a mente, afastando pensamentos que te esgotem ainda mais.

Dica: essa é a hora de trocar as notícias ruins por um programa de tv que você goste, por exemplo. Divertir-se é algo que repõe nossas energias, mas se já estiver cansado, foque em uma diversão que não te exija mais gasto de energia, como ouvir música, ver um filme.

Pouca energia e muito tempo

Essa combinação por acontecer nos finais de semana ou para aqueles que estão temporariamente desocupados por conta da pandemia.

A ideia seria trocar fazer coisas mais ativas que o item anterior, assim você consegue recuperar a energia fazendo algo bom para você mesmo.

A recomendação do Fred é fazer atividades leves que tragam bem estar vagarosamente. Uma atividade física como Yoga pode ajudar, tirar um tempo para cuidar da alimentação e preparar comidinhas para a semana também, ou então chamadas de vídeo com aqueles que você tem saudade. 

Que atividades você colocaria nos seus quadrantes?

Mais que sugestões de atividades, olhe para o diagrama como um exercício para olhar para o seu cansaço, sua disponibilidade de energia e tempo e a partir dessas reflexões entender quais seriam as atividades que você colocaria em cada um dos quadrantes.

Conte para a gente aqui em baixo quais são as atividades que te fazem recuperar o ânimo e quais são aquelas nas quais você precisa gastar mais energia. 


publicado em 25 de Maio de 2020, 10:39
Logo pdh png

Redação PdH

Mantemos nosso radar ligado para trazer a você notícias, conversas e ponderações que valham o seu tempo. Para mergulhar na toca do coelho e conhecer a visão editorial do PdH, venha por aqui.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura