A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Como passar por uma reforma sem tanta dor de cabeça

Qual o segredo pra uma reforma acontecer tranquilamente?

Como sabemos, imprevistos acontecem com você, sua avó, mãe, pai, irmão. Com obras, reformas, decorações e tudo mais não é diferente.

O profissional foi lá e disse: “faça desse jeito”, e claro, se as pessoas acham melhor fazer de outro, temos um problema.

É, reforma é difícil mesmo.

Tudo que envolve um profissional dizendo o que é melhor, mas ao mesmo tempo você pode rebater com a sua opinião, acaba sendo complicado.

Mas dá pra diminuir a quantidade de dor de cabeça trazida pela reforma e, no final, sair feliz da vida com o resultado.

Vou dar a dica pra vocês aqui.

Como lidar com as dores de cabeça de uma reforma?

É fácil lidar com tudo que acontece em uma obra, é só ter paciência.

Lembra quando a sua avó chamava vinte vezes para contar a mesma história e você simplesmente ouvia? Pois é, lembre disso, irritação não leva a nada e nem adianta sua obra.

Paciência colega, é isso que resta, e claro, ficar em cima pra ver se está indo tudo certo.

Além disso, você tem que entender que algumas coisas deverão ser adaptadas.

Na arquitetura temos um ditado: “o papel aceita tudo”. Claro que, com o conhecimento, você sabe o que colocar no papel, mas alguns detalhes terão que ser mudados, isso é um fato comprovado em quase 100% das obras realizadas no planeta Terra.

Aqui em cima tem alguns croquis do Oscar. Lindos, precisos.

Só que na hora de construir, o pessoal preferia ter morrido. Sim, é difícil. Foi preciso um monte de adaptações diárias para fazer funcionar algo que você depois fala “awn, que lindo, Oscar era maravilhoso”.

Ele era excelente, um inovador em todos os sentidos, mas muitos o odiavam, pois era dificílimo construir o que ele projetava.

Na verdade, para você não se ferrar fazendo reforma e decoração, tem que ter um tempo para verificar o portfólio do profissional, saber cobrar e, sim, ter muita paciência.

Caso você tenha contratado um arquiteto para acompanhar a obra, ele pode lidar com alguns assuntos mais casca-grossas da obra, pra ajudar. É importante demais lembrar que se você, cliente, contratou qualquer pessoa para fazer uma reforma, não é de responsabilidade do Arquiteto ou Designer de Interiores a qualidade e velocidade da obra. A maioria dos profissionais com quem o arquiteto ou designer trabalham são de confiança.

E, lembrando, se precisar, o ideal é ter uma empresa que possua o serviço de acompanhamento de obra, cronograma, algo fácil para você organizar e cuidar de tudo no seu tempo, e claro, presencial.

Não recomendo empresas que querem fazer tudo online. Você pode acompanhar por fotos, com muitos detalhes, mas o profissional tem que estar do seu lado, você precisa ter um contato próximo, no mínimo, por telefone.

Não existe consultoria online nem arquiteto online, existe marcar um horário e ele ver o que você precisa conversando ao vivo.

Fica a dica.

Saibam de uma coisa: reforma é pura adaptação. Quem já viu o famoso programa de TV “irmãos à obra” sabe do que estou falando. Ninguém é perfeito, o que nós temos que fazer como clientes e profissionais é estudar para quando chegar o problema, encontrarmos a solução em tempo hábil.

Nós estudamos para resolver problemas, não esqueça disso.


publicado em 14 de Julho de 2016, 19:34
Pdhfoto nova

Walter Barroso

Arquiteto, Urbanista e Designer, fez primeiro engenharia, depois se formou em gastronomia e finalmente se encontrou como Arquiteto. Ama tudo que é minimalista. Mais sobre ele você pode ver no seu website, Instagram ou Facebook.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura