A conversa sobre paternidade é uma das mais importantes do nosso tempo. Venha para o PAI: Os desafios da paternidade atual, discutir e colocar em prática o tema.
Compre já o seu ingresso!

Como ser um bom Papai Noel esse ano

Meu primo Juliano me ligou ontem com uma história do caralho.

O sujeito largou o trabalho no meio do expediente, se vestiu numa roupa vermelha com um calor absurdo, colocou um belo enchimento na barriga, bigode cinza, barba, peruca e se transmutou no bom velhinho.

O destino? Uma creche com uma pequena grande multidão de crianças ansiosas por receberem um saco cheio de presentes. Pequena em quantidade, mas grande em energia.

O caso não é comum e não aconteceu nada de excepcional na creche, ninguém se machucou, nenhum objeto pegou fogo. Mas foi justamente a simplicidade que me chamou a atenção. O cara levou alegria até lá. Num mundo movido a umbigos, isso sim é papo de homem.

Inspire-se nas fotos, quem sabe você não anima a ser o Papai Noel na noite do dia 25 aí na sua casa. Diversão garantida.

Nos bastidores

1
Perdeu no palitinho. Agora vai ter que vestir de Papai Noel.

2
Dá um sorriso que essa vai pro mural da empresa

4
O espírito de compaixão e solidariedade natalino: "Queremos presente! Queremos presente!"

Cópia de PIC_0026
O gordinho de vermelho vai subir também?

Cópia de PIC_0074
Observem o olhar. Essa pequena tem algumas dúvidas sobre o nosso Noel...

PIC_0142
Ho ho ho, tchau, meus pequenos diabinhos, até nunca mais ho ho ho

Cópia de PIC_0007
Trabalho feito, alguém me tráz o peru

E você, tem alguma aventura a la Papai Noel pra contar?


publicado em 20 de Dezembro de 2007, 10:04
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura