Como você erra sempre nas mesmas coisas

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Estamos acostumados a nos entender como animais racionais. Toda decisão que tomamos é pensada. Consideramos todos os fatores com os quais temos contato e por mais que possamos ser levados por nossas emoções, no fim o que impera é nossa racionalidade. Ou pelo menos é o que pensamos. E nem sempre é o caso.

Nossos cérebros não são computadores, temos interpretações diferentes, um passado em que nossos cérebros evoluíram. E isso se reflete nas decisões que tomamos, especialmente quando a escolha envolve números, coisa que só precisamos enfrentar bem recentemente em nossa história.

Mas não sou que vou tentar convencê-lo disso. Vou deixar para dois vídeos do TED que tratam de comportamento e economia. Para ativar a legenda em português, clique em "View subtitles".

Somos mesmo animais racionais?

Link palestra TED | Para ativar a legenda clique em "View Subtitles" e selecione a opção "Portuguese (Brazil)".

O primeiro deles é uma palestra de Laurie Santos. Para estudar nosso comportamento econômico, ela educou macacos prego, um dos primatas mais inteligentes, a usar moedas e viu como eles lidavam com dinheiro. Você vai perceber o quão racionais e superiores nós somos em relação às decisões que eles tomam.

No livro Superfreakonomics, os autores falam sobre esse experimento dos macacos prego e contam que ele parou quando um dos macacos roubou as moedas dos pesquisadores e a usou em troca de sexo com uma fêmea. Exatamente, mal começaram a usar moedas e já partiram para a prostituição.

Temos controle sobre nossas decisões?

Depois de ver como macacos se comportam, se surpreenda com Dan Ariely, autor do recém traduzido Positivamente Irracional (originalmente The Upside of Irrationality), que mostra como usar os erros que cometemos em nosso favor. Ele também escreveu Previsivelmente Irracional (que eu li e recomendo muito), livro sobre como repetimos o mesmo tipo de erro sem perceber, tema desta palestra.

Link palestra TED | | Para ativar a legenda clique em “View Subtitles” e selecione a opção “Portuguese (Brazil)”.

Para quem curtiu o tema e quer ir mais fundo no que entendemos mesmo de números, ou melhor, no que realmente não entendemos, recomendo muito Andar do Bêbado, do físico Leonard Mlodinow. Ele trata sobre o acaso e como nós falhamos completamente em entendê-lo. Mercado de ações, loteria, resultados esportivos, escolhas de carreira e o que mais você achar que qualquer um entende.


publicado em 25 de Outubro de 2010, 09:17
F941c379f53198c5fa0943184bf967e7?s=130

Atila Iamarino

Doutorando pela USP, biólogo viciado em informação e ciência. Autor do excelente blog Rainha Vermelha e editor do Science Blogs Brasil, o primeiro condomínio de blogs de ciência brasileiro. Vá lá expandir seus horizontes!


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: