Conheça a Seleção Brasileira... de Poker

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Asm selo png
  • 130x50 jpg

Esta foi uma semana de convocação de Seleção Brasileira, com técnico, entrevista coletiva, explicações e até discussões acaloradas sobre os convocados.

Claro que não estou falando do esporte bretão, com onze de cada lado, e sim da equipe que vai disputar o campeonato mundial de poker com duas cartas na mão em Londres, em novembro deste ano.

Ao contrário da seleção de futebol, a de poker tem seu técnico como unanimidade. Marcos Sketch é um jogador muito experiente ao vivo e online e é, talvez, o jogador mais técnico deste país. Ele já leu quase uma centena de livros de poker e deu aulas para alguns dos melhores jogadores de torneios do Brasil.

Marcos Sketch
Marcos Sketch

A modalidade

Em Londres, serão disputados dois torneios. Um deles será freezeout*, com representantes de diversos países escolhidos por suas respectivas confederações; o outro será um torneio de Duplicate Poker disputado na London Eye por seis países, entre eles o Brasil. No segundo formato, todos os países jogarão mãos pré-selecionadas e idênticas para que o fator sorte seja eliminado completamente. Ambos serão de Texas Hold’em.

(*Freezeout: Torneio de poker sem rebuys nem add-on, no qual o campeão é o jogador que ganha todas as fichas em jogo.)

A confederação

Diferentemente do que ocorre em outras modalidades, o Brasil possui uma confederação forte e transparente que defende o poker no país e é a principal responsável pelo reconhecimento do jogo como um esporte pelas autoridades.

Como no torneio freezeout estará em jogo uma significativa premiação em dinheiro, o presidente da confederação, Igor Federal, anunciou que metade do valor arrecadado pelos jogadores brasileiros será utilizada para o bem do poker brasileiro. O destino da premiação será definido através de pesquisas com os próprios jogadores.

A escalação

Antes do anúncio dos convocados, todos sabíamos que havia dois jogadores que não podiam ficar de fora da seleção.

Alexandre Gomes
Alexandre Gomes

O primeiro é Alexandre Gomes, o maior vencedor de torneios ao vivo daqui, que já conquistou um bracelete na World Series of Poker e um título do World Poker Tour, as duas séries mais importantes do planeta.

André Akkari
André Akkari

O outro é André Akkari, atual campeão do Evento 43 da WSOP e o jogador mais carismático do país, que tem também diversos resultados no poker online e é patrocinado pelo PokerStars.

Junto com estes dois jogadores e com a direção da confederação, o “Professor” Marcos Sketch escolheu os outros representantes brasileiros no torneio. Foram eles:

Caio Pimenta
Caio Pimenta

Caio Pimenta: Caio é o maior vencedor de torneios online do país e é considerado por grandes nomes do poker mundial um jogador de primeiríssima linha. Alguns estrangeiros chegam a afirmar que ele é O maior jogador de torneios online do mundo. Caio é colunista da revista Bluff Brasil.

Felipe Mojave Ramos
Felipe Mojave Ramos

Felipe Mojave Ramos: Felipe é um jogador conhecido mundialmente por ter vencido os mais importantes torneios da modalidade Omaha do mundo. Ele é também detentor de um troféu de primeiro lugar do BSOP, o Campeonato Brasileiro de Poker, e tem vasta experiência internacional. Ele também é colunista da Bluff Brasil.

Thiago Nishijima Decano
Thiago Nishijima Decano

Thiago Decano Nishijima: Decano é reconhecido internacionalmente por sua técnica e disciplina, e tem em seu currículo uma mesa final da WSOP. No começo de 2011, ele conquistou o primeiro lugar na UBOC, série de torneios online.

Christian Kruel
Christian Kruel

Christian Kruel: C.K., como é conhecido no meio, é um dos pioneiros do poker brasileiro e no ano passado ganhou também uma etapa do BSOP. Christian está no jogo desde o começo e ainda se mantém um jogador de primeira linha e disputa os principais torneios do mundo. Ele é um dos mais experientes jogadores do Brasil.

Daniela Zapiello
Daniela Zapiello

Daniela Zapiello: Todas as seleções que disputarão o mundial tinham que indicar uma jogadora para seus times, e Daniela foi o nome escolhido por seus resultados constantes em torneios regulares ao vivo no país. Dani tem figurado entre os principais jogadores do país tanto no circuito live quanto no online e é uma das figuras mais agressivas do esporte aqui.

Enfim, vamos todos vestir nossas camisas verde-amarelas e torcer por esta seleção de gigantes. Caso venhamos a ser campeões, ainda não veremos buzinaços na Av. Paulista, mas da forma que o poker está crescendo por aqui, quem sabe este dia não chega?


publicado em 29 de Outubro de 2011, 07:45
A1101bf7d5b8382363b0cb45b3d40d56?s=130

Guilherme Kalil

É narrador do programa Poker Show na rede BhNews e continua viciado em Coca Zero.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: