Crie experiências coletivas | 23 dias para um homem melhor #11

Use os encontros sociais para cultivar, aprofundar e nutrir relações

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

Somos animais sociais, é o que ouvimos por aí. Mas isso não significa que sejamos bons em realmente criar laços.

A verdade é que depois que os dias passam, é fácil nos pegarmos apenas sorrindo e acenando no automático, sem realmente nos importar ou olhar para as pessoas ao redor.

Com o tempo, acumulamos uma certa frustração: onde estão as pessoas? Por que me sinto tão só?

E isso não só em um cenário onde a pessoa está sozinha em um sentido literal. Muitas vezes, estamos nos movimentando e tendo contato diário com dezenas de pessoas de uma tal forma que isso simplesmente não nos toca.

Ter relações mais significativas demanda um certo cuidado e é, por si só, um treinamento.

Um meio hábil bastante útil para que boas relações sejam cultivadas e nutridas é criar e compartilhar de experiências coletivas.

As pessoas se unem ao redor do interesse e do bem comum. E, quando o fazem, seus laços tendem a se estreitar naturalmente. O ato de compartilhar de um terreno consensual cria, quase magicamente, a sensação de unidade.

Como no bom e velho jazz

Não é difícil observar isso operando. Você fica amigo das pessoas que assistem futebol ou que curtem tomar uma cerveja no domingo. Muitas pessoas frequentam a igreja ou a associação do bairro apenas para ter contato com os vizinhos, amigos e quem mora ao redor. O mesmo opera quando fazemos um curso ou nas empresas que trabalhamos. Por mais que os interesses não sejam os mais elevados, conexões são feitas. Depois de um certo tempo, você simplesmente tem algo a conversar, trocas são feitas.

Podemos tomar consciência desse fato e usar como um recurso em favor de melhorar nossas relações e impulsionar algo que acreditamos ser benéfico.

Além disso, quando você é o provedor, oferecendo espaço, trabalho ou tempo, sua mente tende a se projetar para uma região de generosidade que traz uma satisfação totalmente diferente. Surge ânimo e energia.

Mesmo as reuniões mais comuns e meramente de lazer podem ser ressignificadas para trazer à sua mente esse treinamento. Com o tempo, seus amigos de futebol também podem se tornar grandes companheiros e impulsionar as vidas uns dos outros.

A repetição dos encontros associada à motivação de trazer benefício a si e a quem compartilha desses pequenos eventos pode acabar a sendo a chama que aquece os seus contatos humanos.

Algumas ideias para começar hoje

Talvez você não possa executar um grande evento para reunir trinta pessoas dentro da sua casa, mas certamente pode fazer algo em menor escala para movimentar quem está ao seu redor. Aqui algumas ideias:

  • Oferecer um jantar ou churrasco (ou pedir para alguém ensinar você a cozinhar);
  • Tocar em uma banda;
  • Organizar um evento de troca de livros;
  • Jogar futebol com amigos;
  • Participar de uma ONG ou fazer trabalho voluntário;
  • Organizar e manter um grupo de meditação;
  • Fazer um grupo de estudos em cima de algum livro;
  • Oferecer cursos de algo que você conhece.

E aí, têm mais ideias? Possuem alguma experiência parecida ou não? Queremos ouvir o que vocês têm a dizer nos comentários.

* * *

Nota: esse texto faz parte da coleção "23 dias para um homem melhor". Você pode ver a lista com todos os artigos já publicados aqui.

Índice de todos os 23 artigos do projeto:

  1. 23 dias para um homem melhor
  2. Aprenda a parar e cultive mais lucidez
  3. Aprenda a falar e ouvir
  4. Faça um check-up de cuidados pessoais
  5. Substitua um hábito alimentar ruim por um bom
  6. Gaste dinheiro com alguém que não seja você
  7. Transforme seu local de trabalho em um espaço de treinamento
  8. Faça trabalhos manuais
  9. Cultive relações de parceria
  10. Use a moda e o estilo como um recurso
  11. Crie experiências coletivas
  12. Faça um planejamento financeiro que realmente funcione
  13. Seja uma pessoa fácil de se trabalhar em parceria
  14. Use o corpo para se expressar
  15. Seja produtivo usando seu próprio método
  16. Faça check-ups e exames regulares – não deixe para ir ao médico quando estiver morrendo
  17. Aprenda a diferença entre amor romântico e amor genuíno
  18. Amplie seu mundo por meio da cultura
  19. Monte um guarda-roupa básico e matador
  20. Cultive mais autocompaixão, ao invés de mais autoestima
  21. Lembre-se que as relações sempre seguem
  22. Cultive disciplina
  23. Faça uma reserva financeira de emergência

publicado em 09 de Fevereiro de 2015, 11:16
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: