Debate sobre ciência e espiritualidade no TEDx Amazônia

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo dorel jpg
  • Vivara130x50 jpg

No intervalo das palestras do TEDx Amazônia, aconteceram 4 mesas-redondas, sempre com um palestrante do evento, um convidado, uma pessoa do público interessada no tema e a Renata Simões (Multishow) como moderadora.

Eu tive a grande sorte de participar ao lado do Lama Padma Samten e do biólogo Caio Cesar Gibrail para falar sobre a integração de ciência e espiritualidade.

Era para ter sido transmitido ao vivo no site Oi Acontece, mas eles tiveram problemas com a conexão, afinal estávamos em um auditório flutuante no Rio Negro.

O papo foi gravado na íntegra e aqui está em 3 partes:

A espiritualidade pode ser mais cética do que a ciência

Link YouTube

"A ciência busca lucidez. A espiritualidade sem lucidez não é uma espiritualidade verdadeira. O ponto de convergência é esse." –Lama Padma Samten

Os 6 níveis de ação e compreensão

Link YouTube

"Precisamos entender que existem outras dimensões operando dentro de nós e realizando as decisões que nós assumimos." –Lama Padma Samten

A plasticidade da realidade

Link YouTube

"Os nossos olhos constroem a realidade incessantemente. A gente precisaria entender isso." –Lama Padma Samten

Vamos avisar aqui em nosso canal especial assim que eles subirem os primeiros vídeos das palestras do TEDx Amazônia.

Quer colocar isso em prática?

Para quem está cansado de apenas ler, entender e compartilhar sabedorias que não sabemos como praticar, criamos o lugar: um espaço online para pessoas dispostas a fazer o trabalho (diário, paciente e às vezes sujo) da transformação.

veja como entrar e participar →


publicado em 08 de Novembro de 2010, 14:29
Gustavo gitti julho 2015 200

Gustavo Gitti

Professor de TaKeTiNa, colunista da revista Vida Simples, autor do antigo Não2Não1 e coordenador do lugar. Interessado na transformação pelo ritmo e pelo silêncio. No Twitter, no Instagram e no Facebook. Seu site: www.gustavogitti.com


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: