Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Desescolarização, pau pequeno e organizações criminosas | Melhores comentários da semana

A conversa fica boa mesmo é na caixa de comentários

A semana foi ruim.

Pode ser que tudo tenha dado certo pra você. A promoção tenha chegado, a loteria virado e os dois pombinhos tenham se juntado. Mas foi uma semana tóxica, cansativa e atípica.

Se o clima dos noticiários trazia de bom o despertar de interesse de uma grande parte das pessoas pro nosso processo político, agora os ânimos parecem ter perdido as estribeiras.

Não que não caiba se posicionar afirmativamente, mas é inegável que estamos sufocados por essa necessidade.

No último domingo, o PapodeHomem estava com uma capa política bastante especial, mas fiquei bem feliz por termos nos dedicado também a muitos outros assuntos durante a semana. Sem diminuir a importância de acompanhar os acontecimentos recentes, queremos também discutir nosso sistema educacional, nossa relação erótica com o nu, as posturas que tomamos diante das insatisfações e muito mais.

A conversa não para.

Em [18+] Bom Dia, Hugo Godinho e Rodolfo Brunhari

Em O que aprendi em 21 dias sem reclamar

Em Uma conversa honesta sobre desescolarização e comunidades de aprendizagem

Em As 15 maiores organizações criminosas da história

Em "Pai, o que tem pro jantar?" de uma boa relação familiar com a comida

Em Tenho pinto pequeno | ID #58

 


publicado em 22 de Abril de 2016, 14:52
10710799 10152759290008996 1807417555040828999 n

Marcela Campos

Tão encantada com as possibilidades da vida que tem um pézinho aqui e outro acolá – estuda Jornalismo na Universidade de São Paulo, mas também cursa Saúde Reprodutiva Holística no Justisse College. Compõe a equipe de conteúdo do PapodeHomem, modera uma comunidade de quase dez mil mulheres e não tem preguiça de bater um papo bom.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura