Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Como Barack Obama consegue ser produtivo

Como alguém pode ser produtivo quando tem 300 milhões de chefes, um ciclo de críticos e notícias negativas rodando 24 horas por dia e uma lista de tarefas de importância literalmente vital (ou seja: decisões que significam vida ou morte)? E tudo isso na cidade americana cujo nome é sinônimo de burocracia?

Obama consegue. Graças a matérias fantásticas como a de Michael Lewis na Vanity Fair e a de Ryan Lizza para a The New Yorker, entre outras, podemos entender como.

 

Aqui estão algumas dicas de produtividade particularmente úteis do atual presidente dos Estados Unidos:

1. Dê o pontapé inicial do seu dia na noite anterior

"É curioso", escreve Michael Lewis, "mas o dia do presidente começa mesmo na noite anterior. Quando ele acorda às 7, já está ligado nas coisas."

Depois que a sua família vai para a cama, Obama fica de pé, trabalhando em detalhes que ficaram para trás no seu dia. A principal das suas responsabilidades noturnas é folhear a pasta de documentos enviados para revisão por sua equipe.

Por exemplo, depois que ele ganhou o Prêmio Nobel da Paz, a sua equipe enviou diversos discursos de aceitação que Obama considerou inutilizáveis. Em vez de enfiar o processo de escrita do seu discurso em pequenas janelas no decorrer do dia, ele usou a noite para engatar a primeira marcha nessa tarefa. Primeiro, ele copiou à mão o discurso enviado pela equipe, para "organizar seus pensamentos", depois usou o exercício para escrever seu próprio discurso. Teria sido impossível fazer isso durante o dia tradicional.

2. Evite tomar decisões pouco importantes

As operações da Casa Branca ficam mais complexas a cada administração. Harry Truman, presidente dos EUA entre 1945 e 1953, tinha 12 "assistentes do presidente". Hoje há mais de 100 pessoas com um cargo similar. Como resultado, o presidente Obama tenta limitar a quantidade de informações que chega até ele, inclusive sobre coisas como o que vestir de manhã.

"Eu não quero ter que tomar decisões sobre o que vou comer ou vestir, porque tenho muitas outras decisões para tomar."

Este hábito não se aplica somente ao guarda-roupa do presidente. No início do ano, o repórter Ryan Lizza, da New Yorker, conseguiu centenas de páginas de memorandos da Casa Branca que mostravam detalhes do funcionamento interno da equipe do Obama. Um dos principais achados: o presidente prefere que enviem memorandos "de decisão" com três opções no final. Concordo, discordo e "vamos discutir".

Histórica foto de um momento de decisões importantes que culminaram na captura e morte de Osama Bin Laden

3. Silencie seus críticos

Richard Nixon teve a fama de manter uma "lista de inimigos", mas um presidente no mundo atual, de notícias 24 horas, não teria esse luxo. Perfis escritos sobre o presidente frequentemente mencionam a sua preferência pela ESPN em vez dos canais de notícias. Disse Obama ao New York Times:

"Uma regra de ouro é que nós não assistimos CNN, MSNBC ou qualquer canal de notícias. Nós não ouvimos comentaristas políticos. Nós assistimos ao SportsCenter e discutimos sobre isso."

Obama diz que ele gosta de filtrar as notícias o máximo possível, mas reconhece que ninguém pode viver em uma bolha. "Uma das coisas que você percebe bem rápido neste emprego é que existe um personagem lá fora [com o seu nome]", ele disse a Michael Lewis. "Aquele não é você."

Não importa o que você faça, sempre vai ter alguém reclamando de desemprego

4. Faça exercícios

O presidente começa cada dia com 45 minutos de pesos ou cárdio na sua academia particular. A frase abaixo foi atribuída a Obama pelo seu coordenador de campanha em matéria do WebMD.

"O resto do meu tempo será mais produtivo se você me der um tempo para me exercitar."

Às vezes ele também joga basquete com alguns amigos de Washington, todos bastante experientes no esporte. (Obama joga com uma camiseta vermelha, azul e branca, com o número 44.) A Michael Lewis, Obama disse:

"Você tem que se exercitar em algum momento, ou não aguenta."

5. O tempo para você mesmo é sagrado

A agenda do presidente tem três momentos inquestionavelmente pessoais: o exercício matinal, o seu jantar com as filhas e o tempo noturno depois da sua família ter ido dormir. Cada bloco de tempo tem o seu propósito: a academia mantém o seu corpo em boa forma, o momento noturno serve para adiantar o trabalho do dia seguinte e o jantar é um momento especialmente sagrado, com o benefício extra de dar ao presidente um pouco de perspectiva externa ao seu trabalho corrido.

"[As crianças] não estão muito interessadas no dia dele, por serem crianças", disse a Conselheira Sênior Valeria Jarrett à Vanity Fair. "Elas querem que ele preste atenção em como foi o dia delas".

Original: How Barack Obama Gets Things Done, no 99U
Tradução: Fabio Bracht 


publicado em 15 de Outubro de 2012, 14:15
A8dfce8e9d1c8dee34e6d1c5705f9640?s=130

Sean Blanda

Sean Blanda é sócio-editor e produtor do site 99U. Antes disso, ele fundou o a Technically Media. Pode ser encontrado no Twitter: @SeanBlanda.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura