Drag Car, a femme fatale do seu motor, & outras divas imaginárias

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

No ano do nosso senhor 1993, entrou no ar a campanha publicitária "Motor Gang" da Bardahl, com uma personagem que os adolescentes punheteiros como eu jamais esquecerão: Drag Car. Depois de chegar ao ápice da fama em 1995, quando foi capa da Sexy (!), Drag Car infelizmente sumiu e vive apenas em nossa porra derramada.

Divina Drag Car.
Divina Drag Car.

Lá pela década de 50, para tentar nos empurrar mais óleo, a Bardahl criou o Detetive Bardahl e a "Turminha Brava" – não riam. Só na década seguinte, algum gênio teve a ideia brilhante de adicionar uma mulher, a (não riam, estou pedindo) Clarimunda.

Passam os anos. No fim do século, algum quarentão que devia se lembrar da Clarimunda como eu lembro da Drag Car, pensou:

Hmm, por que não trazer a Turminha Brava para a década de 90?

Assim nasceu a Motor Gang.

Link YouTube | O primeiro comercial da campanha apresenta a gangue.

O visual e figurino da Drag Car foi claramente inspirado na Jessica Rabbit, que estourara nos cinemas somente cinco anos antes.

Jessica Rabbit. Divina. Mas boazinha e esposa fiel. Blé.
Jessica Rabbit. Divina. Mas boazinha e esposa fiel. Blé.

Mas Drag Car tem uma grande vantagem sobre sua musa inspiradora: Jessica não era má ("sou só desenhada assim...") enquanto ela é claramente uma sexy e perversa femme fatale que destruiria nosso motor (e nossas vidas!) em um piscar de olhos.

Link YouTube | Se é duro pra ela, imagina pra mim.

Foram poucas as divas imaginárias que posaram nuas por aí. Que eu conseguisse descobrir, a primeira foi Radical Chic, na Playboy, em 1993 – mas não foi capa.

Radical Chic. Playboy. 1993.

Radical Chic. Playboy. 1993.
Radical Chic. Playboy. 1993.

A Aline, do Adão Iturrusgurai, uma safada sem-vergonha, apareceu na capa da Revista Simples, em 2000.

Aline. Revista Simples. 2000.
Aline. Revista Simples. 2000.

E até a dona-de-casa sem-graça da Marge Simpson foi capa da Playboy americana em 2009.

Marge Simpson. Playboy. 2009.
Marge Simpson. Playboy. 2009.

Mas, convenhamos, nenhuma dessas boas moças chega aos pés da femme fatale Drag Car.

Drag Car. Revista Sexy. Setembro de 1995.
Drag Car. Revista Sexy. Setembro de 1995.

Por fim, o melhor: o filme exclusivo da Drag Car.

Link YouTube | O filme da Drag Car.


publicado em 19 de Maio de 2012, 06:42
File

Alex Castro

alex castro é. por enquanto. em breve, nem isso. // esse é um texto de ficção. // veja minha vídeo-biografia, me siga no facebook, assine minha newsletter.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: