Estamos procurando um autor para escrever sobre saúde do homem no PdH! Topa? Mais informações aqui.

Golden State Warriors podem bater um recorde que realmente importa

Atuais campeões podem superar Houston Rockets e Washington Capitols e estabelecer o melhor começo de temporada da história da NBA

Os esportes americanos são cheios de estatísticas. Seja no futebol americano, no hóquei, no baseball ou no basquete a cada transmissão tomamos um banho de dados que exigem contorcionismos dos narradores e comentaristas na tentativa de explicar cada um deles.

Alguns de nós (inclusive eu) gosta disso, mas não nego que isso cria recordes absolutamente bizarros.

‘O quarterback reserva que mais avançou jardas em dias primos do mês de novembro no estado de Kentucky’.

‘O armador que mais errou lances livres com a mão esquerda de uniforme listrado’.

‘O goleiro que mais fez defesas com o pé nos primeiros quinze segundos de partida’.

Tudo bem, é só uma brincadeira, mas hoje o Golden State Warriors pode bater um recorde da NBA que realmente significa alguma coisa. Os atuais campeões podem estabelecer o melhor começo de temporada da história, superando equipes lendárias do melhor campeonato de basquete do mundo.

Liderados pelo armador Stephen Curry, a equipe de Oakland deve chegar a 16ª vitória em 16 partidas da temporada 2015/2016. Eu digo ‘deve superar’ porque os Warriors são apontados como favoritos por 9 em cada 10 comentaristas e apresenta um basquete muito melhor do que o seu adversário até agora.

Nesta noite, a incômoda missão de parar o atual campeão será do Los Angeles Lakers. Mesmo com a presença de Kobe Bryant, a equipe acumula duas vitórias e 11 derrotas na temporada, sendo a pior equipe da conferência oeste e a segunda pior de toda a NBA. É como se o líder do campeonato fosse enfrentar o lanterninha.

Porém, como nós bem sabemos, a graça do esporte é que justamente o favoritismo não entra em quadra e os Warriors vão ter que demonstrar toda essa superioridade no jogo desse noite (madrugada no Brasil) se quiserem mesmo estabelecer um novo recorde.

Atualmente, com o cartel de 15 vitórias consecutivas, eles dividem a melhor marca da liga com o Houston Rockets da temporada 1993/1994 e com o time do Washington Capitols de 1948/1949, mas no que podemos chamar de ‘critérios de desempate’, nossos contemporâneos levam vantagem.

São impressionantes 114,5 pontos marcados e 100,1 pontos sofridos, em média, por partida. Quase uma garantia de espetáculo que fez o preço dos ingressos dispararem. Se uma partida ‘comum’ nessa altura da temporada tem entradas que variam entre US$ 135 e US$ 2340, dessa vez, os lugares estão valendo entre US$ 250 (cerca de R$ 930) e US$ 12,6 mil (cerca de R$ 46,9 mil).

Link Youtube

Portanto, senhoras e senhores, se você quiser uma desculpa pra ir dormir muito, muito tarde nessa terça-feira, agora você tem. Quem assistir ao jogo que será transmitido pelo Sportv à 1h30 da madrugada de hoje pra amanhã poderá ver a história acontecendo com os próprios olhos ou pelo menos uma zebra daquelas.

Pelo sim ou pelo não, já coloquei três despertadores pra me fazerem levantar da cama, mas, chefe, se eu chegar atrasado amanhã, vai ser por uma boa causa.


publicado em 24 de Novembro de 2015, 17:46
Breno franca jpg

Breno França

Editor do PapodeHomem, é formado em jornalismo pela ECA-USP onde administrou a Jornalismo Júnior, organizou campeonatos da ECAtlética e presidiu o JUCA. Siga ele no Facebook e comente Brenão.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura