Guia completo da faxina sem mistérios

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima. Casa suja é coisa de moleque e limpar a casa é se conectar com o lugar onde você recarrega as baterias

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Vivara130x50 jpg
  • Selo dorel jpg

Limpar a casa é uma daquelas tarefas eternas. Quanto mais tempo gastamos na arrumação, mais parece faltar.

Felizmente, não precisa ser assim.

Ao longo de todos esses anos morando sozinho, acabei desenvolvendo um método bem eficiente e simples para arrumar a casa. No geral, não quero gastar meu dia fazendo faxina e limpando tudo, mas é um trabalho necessário. 

Sem a casa arrumada não consigo produzir, minha cabeça vira uma grande bagunça e as coisas só entram no eixo quando paro para resolver esse problema.

Como toda atividade mais trabalhosa, saber exatamente quais passos devemos seguir e até que ponto vai a tarefa é essencial para manter a calma e não nos desesperarmos com esse sentimento de que nunca vai acabar. 

Minha faxina é dividida em uma ordem lógica, mas bem fácil de ser compreendida. De forma simples, um passo não deve atrasar o outro. 

Passo 0: de cima pra baixo, sempre

Por exemplo, se escolhermos limpar o chão antes de tirar a poeira dos móveis, estaremos sujando o piso novamente, gerando trabalho repetitivo. Por isso começamos de cima pra baixo, limpando tudo o que está no alto e apenas depois o que está no chão.

Pode parecer que vai ficar complicado, mas é só seguir o passo a passo que está tudo mastigadinho para você.

Passo 1: "cada coisa na sua casinha" é a regra

Começamos nossa faxina tirando tudo que está no meio do caminho e colocando em seu devido lugar. Roupas, roupas de cama e toalhas sujas vão para a lavanderia. Copos e pratos para a pia da cozinha, assim como todos os outros itens que possuem um lugar específico. 

Apenas removendo tudo que está jogado do caminho, já produzimos um grande alívio visual. Uma casa bagunçada e suja depende de vários elementos, mas dois deles são mais agravantes: coisas espalhadas por todo lado e louça suja empilhada na cozinha.

Se precisar apenas disfarçar uma arrumação rapidamente para alguma visita inesperada, basta atacar estes dois pontos.

Esse, no entanto, é um momento em que também fazemos certa bagunça, tirando do chão tudo o que pode atrapalhar na hora de passar pano e varrer. Tapetes, guitarra, violão, cadeiras e outros itens leves são colocados em cima da mesa ou sofá, desobstruindo o caminho para facilitar a limpeza. Se tiver uma área de serviço ou varanda, lembre de bater a poeira dos tapetes por lá.

Passo 2: cozinha

Depois de ter tudo organizado, vamos progredindo da cozinha para o resto da casa.

Um processo semelhante ao anterior também é feito na cozinha. Cada elemento no seu lugar. Temperos, molho, sal, sacos plásticos, restos de produto e por aí em diante. 

Guarde o que precisa ser guardado, jogue fora o que não tiver uso e coloque na pia o que precisa ser lavado.

Lavar a louça acaba sujando a cozinha com respingos de gordura, espuma e restos de comida, por isso começamos lavando e guardando a louça, para só depois passar pano nos móveis e limpar o chão.

Meu processo para lavar louça foi bastante otimizado com o tempo, adquirindo mais eficiência apenas pela ordem que lavo cada peça. Ensaboo tudo na seguinte ordem: 

  1. Talheres; 
  2. Pratos; 
  3. Copos e panelas; 

Enxágua-se tudo na mesma sequência. Assim, quando termino de ensaboar as panelas e volto para enxaguar os talheres, a espuma já agiu e amoleceu a sujeira, tornando mais fácil de limpar.

Não gosto muito do escorredor de pratos, então estendo um pano de prato no balcão e vou empilhando as peças molhadas ali até terminar tudo, depois basta secar e guardar no armário.

Depois da louça lavada, é hora do fogão; tirar a gordura e lavar as bocas. Essa é uma parte que não tem muita saída, é trabalhoso e chato mesmo. Eu uso um protetor de papel alumínio que só de trocar já causa uma melhora visível, custa pouco e vale a pena.

Depois que a pia deixou de ser usada, lave a esponja e limpe o ralo.

Agora basta passar um pano com algum produto desengordurante/desinfetante no balcão e outras superfícies expostas a gordura, como microondas e geladeira. Pode jogar toda sujeira para o chão, depois é só varrer e passar um pano com desinfetante.

Com a cozinha bacana, vamos para o resto da casa.

Passo 3: o restante da casa

Tire a poeira de tudo com um pano seco; mesas, televisão, rack, computador, criado mudo, piano, violão, ukulele, porta-retratos, bonecas chilenas e qualquer coisa que estiver em cima de algum lugar. 

Novamente, não tem problema tirar a poeira e deixar que caia no chão. 

Depois que tudo estiver sem poeira, é hora de limpar vidros e espelhos usando um produto específico, nada pior que manchas de mão engordurada e outros tipos de sujeira nos vidros.

Seguindo, é só varrer bem o chão e juntar toda sujeira num canto só, facilitando a coleta com a pá. Se puder investir em um aspirador de pó, o retorno definitivamente vale o investimento.

Por fim, o toque final. Coloque água até o meio de um balde e misture com seu desinfetante com melhor cheiro, molhe o pano e passe por toda casa.

Passo 4: o banheiro

Lavar o banheiro é normalmente a parte mais traumática do processo. Se você não curtir essa parte, usar algumas luvas de látex descartável pode ajudar a diminuir esse problema.

Utilize o balde que você usou para limpar o chão da casa e despeje toda aquela água com desinfetante no chão do banheiro. Use um pano com desinfetante para limpar o armário de escovas de dentes. Se olhar bem, vai perceber que o lugar onde ficam as escovas é bem sujo. Limpe bem esse lugar. 

Esfregue a pia e o vaso sanitário com uma bucha e desinfetante. 

Na pia, lembre-se de limpar o contorno do ralo, lugar onde acumula bastante sujeira. No vaso, preste atenção na base, próximo ao chão, lá onde quase não vemos.

Um vasilhame plástico pode ajudar a enxaguar o armário e remover o desinfetante.

Use uma vassoura para esfregar o chão e a cabine de banho, observando os cantinhos da parede e a parte atrás da pia e do vaso sanitário. Escorra a água com um rodo pelo ralo do chuveiro. Termine de secar o banheiro com um pano de chão limpo.

Passo 5: refinando e revisando

Devolva cadeiras e objetos que estavam suspensos ao seu devido lugar.

Coloque lençóis e fronhas novos na cama e travesseiros, toalhas limpas no banheiro e tapetes secos e limpos no chão.

Aproveite também para retirar o lixo, levá-lo para fora e substituir os sacos.

Agora estamos na reta final, vale usar essa fase para ver se algo ficou de fora ou pode ser melhorado, mas sem muita neura.

Valiosas dicas extras

Gosto de dividir as faxinas em dois modelos: incremental e completa

Esse passo a passo é um exemplo de faxina incremental, utilizada apenas para preservar a casa limpa ao longo do mês, mas que inevitavelmente deixa pontos cegos.

Acho importante fazer uma limpeza bem completa uma vez por mês, dessas nas quais arrastamos o sofá, tiramos a geladeira e fogão da tomada e ajoelhamos no chão para esfregar partes mais sujas com escovinha. Depois, basta uma limpeza semanal como esta para ajudar a manter o clima de limpeza da casa.

Aqui em casa escolhemos a segunda como o dia oficial da limpeza. Ter um dia fixo ajuda a tornar essa rotina mais automática e menos cansativa.

É legal apontar que não podemos ser excessivamente perfeccionistas nesse processo, caso contrário tudo se torna muito mais trabalhoso e difícil. Você pode passar pano e varrer o chão o quanto quiser, mas segundos depois encontrará algum pedaço de linha ou poeira no chão. Existem momentos em que você deve decidir se está bom o suficiente e seguir em frente.

Muito do processo de arrumação parte de como enxergamos isso.

Pode parecer bobeira, mas já começar achando que limpar a casa é um sofrimento só vai amplificar a sensação negativa, enquanto ainda tem um monte de coisas para fazer. 

Ao invés disso, tente colocar uma música alta ou fone de ouvidos, algo que dê para cantar bem alto e transformar todo trabalho que vem pela frente em uma brincadeira, um momento que você tem para se conectar com sua casa, com o lugar onde recarrega suas energias.

Todos temos alguma forma de tornar nossa arrumação mais eficiente, e você? Como se organiza e agiliza essa atividade tão trabalhosa? 

Compartilhe conosco nos comentários e enriqueça o conteúdo do texto.

Mecenas: Ypê

Para divertir você e sua família a Ypê acabou de lançar o Game Batalha MultiMonstros. Nesse jogo você elimina a sujeira que se espalhou no mundo dos Ypês em uma batalha contra monstros, sujeiras e bactérias!

Já está disponível para Android e em breve teremos na versão para IOS. Baixe aqui!


publicado em 09 de Outubro de 2015, 10:57
12596172 10153389055960906 1551523976 n

Alberto Brandão

É analista de sistemas, estudante de física e escritor colunista do Papo de Homem. Escreve sobre tudo o que acha interessante no Mnenyie, e também produz uma newsletter semanal, a Caos (Con)textual, com textos exclusivos e curadoria de conteúdo. Ficaria honrado em ser seu amigo no Facebook e conversar com você por email.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: